15.4.21

messi soma recordes na época mais estranha da carreira

Uma goleada à moda antiga. Foi desta forma que o Barcelona derrotou a Real Sociedad no Anoeta, casa da equipa de San Sebastián. 1-6 foi o resultado final de um jogo em que Lionel Messi voltou a brilhar, naquela que é uma história comum dos jogos dos catalães. O capitão da equipa contribuiu com dois golos e voltou a fazer história com a camisola do Barcelona.  

O craque argentino, de 33, passou a ser o jogador com mais jogos pelo Barcelona. Messi já vestiu a camisola do clube catalão em 768 jogos. Um reflexo de uma história de amor cada vez mais incomum no futebol. Numa era em que os jogadores mudam frequentemente de clube, o camisola 10 mantém-se no clube desde 2000. Ano em que trocou a formação dos argentinos do Newells Old Boys pelo Barcelona. Na época 2004/05 estreava-se na equipa principal e desde então tem construído a história que todos conhecem. 

 

Com os dois golos marcados, Messi passou a contar com 663 remates certeiros. O que também é um recorde. Aliás, este pertence ao argentino há muito. É que o segundo melhor marcador da história do clube é Luis Suárez (actualmente no Atlético de Madrid) com 195 golos. O argentino tem uma média de 0,86 golos por jogo e diz a estatística que necessita de 95 minutos para marcar um golo. 

 

Época mais estranha da carreira 

 

Não deixa de ser curioso que este recorde aconteça na época mais estranha da carreira de Messi. Bem vistas as coisas, o argentino poderia até não ser o jogador com mais jogos pelo Barcelona. É que no início da época revelou a vontade de abandonar a Catalunha, chegando a faltar a vários treinos. Foi também nesta temporada que foi revelado, de forma detalhada, o contrato que une o jogador ao Barcelona. Numa altura em que já é livre para assinar por outro clube, resta saber se Messi irá renovar o contrato com o Barcelona, continuando a fazer história. Ou se estará tentado a experimentar outros projetos desportivos. 

Sem comentários:

Publicar um comentário