30.4.21

estudo associa consumo de sumo de laranja a um cancro específico

Um copo de sumo de laranja é uma das bebidas mais populares do pequeno-almoço. Existem muitas pessoas que não o dispensam logo pela manhã ou mesmo ao longo do dia. Agora, surge um novo estudo que associa este hábito ao cancro da pele. De acordo com um artigo publicado no The Sun, as pessoas que comem fruta regularmente têm 79% mais probabilidade de desenvolver a referida doença, mas convém explicar tudo de forma detalhada.  

É referido que os citrinos contêm psoraleno. Esta é uma substância que faz com que a pele fique mais sensível à radiação UV, uma das causas do cancro da pele. Ou seja, aqueles que têm por hábito consumir frutas cítricas (especialmente laranjas e sumo de laranja) têm, de acordo com os investigadores, um risco muito mais elevado de desenvolver um melanoma mortal.  

 

“Este estudo pode ajudar os profissionais médicos a aconselhar melhor os pacientes que já apresentam factores de risco” 

 

O que faz com que a Associação Britânica de Dermatologistas deixe um conselho para aqueles que têm um histórico de cancro de pele na família. Que passa por evitar a ingestão do sumo de fruta. “As frutas cítricas, especialmente laranjas e sumo de laranja, são consumidas amplamente no Reino Unido. O consumo de sumo de fruta aumenta de ano para ano”, começa por explicar Harriet Dalwood, porta-voz da associação, à publicação.  

 

“Este estudo pode ajudar os profissionais médicos a aconselhar melhor os pacientes que já apresentam factores de risco, como histórico familiar de melanoma, para diminuir a ingestão de cítricos”, acrescenta. O trabalho em questão foi realizado pela Universidade de Indiana e dada a conhecer pela associação. Os resultados mostram que aqueles que consomem mais de um copo de sumo de laranja por dia apresentavam um risco 54% superior de vir a desenvolver um melanoma. Aqueles que consomem mais de uma laranja diariamente tinham um risco 79% maior. 

Sem comentários:

Publicar um comentário