12.4.21

cientista diz que homens estão a ficar com o pénis mais pequeno

Os bebés que estão a nascer podem vir a ter pénis mais pequenos. Quem avança com esta polémica afirmação é uma prestigiada cientista. Que dá ainda a conhecer o motivo para aquilo que poderá ser um problema com que nenhum homem quer lidar. E há mais para descobrir. Tudo pela voz de Shanna Swan.  

A cientista acaba de publicar um livro no qual associa o uso de químicos industriais em produtos de uso diário a pénis mais pequenos. E também a uma menor contagem de espermatozoides bem como à disfunção eréctil. Shanna Swan também já tinha sido uma das autoras de um estudo de 2017 que analisava a queda dramática da contagem de espermatozoides em homens de países ocidentais. A especialista acredita que a redução do tamanho dos pénis, bem como a menor contagem de espermatozoides, está ligada aos ftalatos. Que são uma espécie de químicos encontrados em plásticos e que acabam por afectar a produção da hormona endócrina. 

 

“Os bebés estão a chegar ao mundo já contaminados com químicos devido a substâncias que absorvem no útero” 

 

Salienta ainda que estes desreguladores podem ser transmitidos através do leite materno e podem potencialmente afectar os bebés enquanto estão no útero. Podem também dar origem a nascimentos prematuros e baixos níveis de testosterona. “Os bebés estão a chegar ao mundo já contaminados com químicos devido a substância que absorvem no útero”, diz. E não está em causa apenas o tamanho do pénis. Shanna Swan refere ainda que a poluição está a ter impacto na líbido masculina.  

Sem comentários:

Publicar um comentário