2.6.20

este é o principal motivo que leva os homens a falharem no sexo

Todos nós conhecemos homens que garantem que nunca falharam no sexo. Depois, existem estudos que mostram o contrário. Como um, realizado no Brasil, que revela que 47% dos homens já falharam, pelo menos uma vez, quando as coisas aquecem e está na hora de fazer sexo. Ignorar isto não é o melhor caminho. Aquilo com que todos ficamos a ganhar é em falar abertamente sobre o tema.

Porque a verdade é uma. O homem até pode estar cheio de vontade e com a maior tesão de sempre que isso não será impedimento para falhar. Existem diversos motivos que explicam por que um homem pode falhar na hora do sexo. Como é o caso de problemas hormonais ou vasculares. Mas a principal causa é emocional.

É aqui que entra a ansiedade. Quer seja por medo de falhar, receio de atingir o orgasmo depressa demais, o medo de não levar a parceira ao clímax ou mesmo ser julgado por uma má performance sexual, tudo isto são motivos que podem contribuir para que se falhe. Porque na hora H está a cabeça cheia de preocupações.

E isto é apenas o princípio do problema. Porque o primeiro falhanço fará com que a ansiedade seja ainda maior na próxima relação sexual. Uma das formas de lidar com isto é ter uma relação de confiança com a parceira. Se estás ansioso e nervoso, fala com ela de forma aberta. Verás que irás relaxar e ficar menos ansioso.

Outro dado importante. Aposta forte no sexo oral. Isto porque a existência de um orgasmo feminino desta forma irá fazer com que os homens fiquem menos stressados no momento da penetração. Caso os problemas sejam frequentes e nada pareça resolver a questão, nada melhor do que marcar uma consulta com um psicólogo ou urologista. Esquece lá essa ideia da auto-medicação.

9 razões para comeres atum

Se fores como eu - fã de atum - ficarás contente com a informação que irei partilhar contigo. Caso não costumes comer este peixe de água salgada, talvez venhas a mudar de opinião no final do texto. E antes de avançar mais, posso dizer-te que o atum é muito popular na Ásia, Austrália e ainda na Europa.

Existem diversas espécies deste peixe. Como é o caso do atum-rabilho, albacora e peixe-judeu, apenas para dar alguns exemplos. Quanto à forma como é consumido, destacam-se as conservas. Bem como os bifes ou hambúrgueres de atum. Sem esquecer o acompanhamento em pratos como saladas e massas.

Entrando na parte da saúde, existem diversos motivos para comer peixe. Que vão do melhor funcionamento do organismo até à melhoria da visão, passando pela saúde do coração. No caso específico do atum, existem oito bons motivos para que o inclua no seu plano alimentar. E que foram partilhados pelo site NDTV Food.

1 – Melhora a saúde do coração, reduzindo o risco de ocorrências de enfartes ou derrames cerebrais;
2 – Ajuda a manter a tensão arterial;
3 – Reduz os níveis de açúcar no sangue;
4 – Fortalece o sistema imunitário;
5 – Ajuda a perder peso;
6 – Fortalece os ossos;
7 – Melhora a saúde e aspecto da pele;
8 – Previne o risco de cancro;
9 – Aumenta a energia.

diz que o batman de robert pattinson será mais picante do que o de christian bale e ben affleck

Depois de Ben Affleck, que não deixou muitas saudades neste papel, é Robert Pattinson que assume o lugar de Batman. O actor britânico, de 34 anos, é o escolhido para ser a estrela maior de The Batman, filme realizado por Matt Reeves. Se é verdade que os fãs não ficaram convencidos com Ben Affleck, está bem presente na memória de todos a excelente prestação de Christian Bale (o meu preferido).

Em conversa com a GQ, Robert Pattinson falou sobre o filme e sobre o personagem. "The Batman é algo que queria fazer? Imagino muitas razões para aceitar, mas muitas outras para não querer", disse o jornalista. Num jeito divertido, o actor devolveu a pergunta, acabando depois por dar uma resposta mais séria. "Às vezes penso nas desvantagens", começa por dizer. "Pensei nelas e as desvantagens acabam por parecer vantagens", acrescenta.

"É divertido quando muito terreno já foi preenchido. Do tipo, onde está a lacuna?"

A conversa prosseguiu para as interpretações já feitas. "Aprecio o facto de que não só existam versões muito, muito, muito bem feitas do personagem, mas penso que existem múltiplas interpretações do personagem", defende. Desenvolvendo um pouco mais o seu ponto de vista. "É divertido quando muito terreno já foi preenchido. Do tipo, onde está a lacuna? Já vimos uma versão mais leve, outra mais cansada e uma mais animalesca. Juntar o puzzle é algo satisfatório pensar: onde está a minha abertura?", revela.

Robert Pattinson explica também, ainda que de forma enigmática, o que se pode esperar da sua interpretação. "Tenho algo dentro de mim que funcionaria se pudesse fazê-lo? Além disso, é um papel com legado. Gosto disso. Existem poucas coisas na vida com as quais as pessoas se preocupam de forma apaixonada antes de acontecerem. Quase que se sente esse empurrão da antecipação e isso é algo que dá energia. É diferente de estares a fazer um papel que pode não ser visto por ninguém. De certa forma, faz com que fiques um pouco picante", termina.

Olhando para as palavras do actor, percebe-se que Robert Pattinson estudou bem o que foi feito, procurando encontrar o seu espaço entre as mais diferentes interpretações. Apesar de não abrir muito o jogo, fica no ar um Batman mais "picante" do que aqueles que já foram feitos. The Batman tem estreia marcada para 1 de Outubro de 2021, nos Estados Unidos da América.