22.4.21

5 formas naturais de aumentares a libido

Uma forma simples de definir a libido é dizer que é o desejo sexual relacionado com o contacto com outra pessoa. E esta está presente em todas as pessoas. Ainda que a forma como se manifesta nem sempre seja igual. Se existem os que têm pouca, há também quem tenha em demasia. Sendo que pode aparecer de duas maneiras: de forma espontânea ou através de um qualquer estímulo. 

  

Nos casos em que a libido é bastante reduzida, existem cinco formas naturais de a potenciar. Ainda assim, e esta informação é bastante importante, é sempre melhor que consultes um médico de forma a descobrir as possíveis causas para essa situação. “É importante averiguar tanto as possíveis causas físicas, como as questões hormonais, efeitos colaterais de medicação e outras doenças. Bem como causas psicológicas e emocionais, como stress, ansiedade, traumas sexuais, entre outras”, explica Gabriela Dalto, psicóloga e especialista em sexualidade do Sexo Sem Dúvida. Que partilha as referidas cinco formas naturais de aumentar a libido. 

 

1 – Controlar o stress 

Não só dentro de um relacionamento, mas em todas as áreas da vida. Perceber quando está mais nervoso, stressado e tentar possíveis soluções, como dividir tarefas em casa, lidar melhor com questões financeiras e familiares, organizar-se no trabalho, etc. Gerir a vida como um todo de uma forma melhor.” 

  

2 – Aprimorar a saúde física 

“Uma boa nutrição e actividades físicas vão ajudar no estado de relaxamento, desligar as tensões e facilitar o aparecimento do desejo sexual.” 

 

3 – Dar prioridade à sexualidade 

“Ao longo do tempo, as pessoas (principalmente as mulheres) vão deixando o desejo para último ponto da “lista de afazeres”, na qual entram casa, filhos, marido, trabalho, uma série de outras coisas, e a sexualidade fica preterida. É fundamental ter um momento para viver a sexualidade, seja sozinho ou com a parceira. Marque na agenda! Diariamente, semanalmente… só não pode ficar de lado”. 

 

4 – Pensar em sexo 

“Sabemos que estamos a sentir desejo quando começamos a pensar em sexo. Então, se faz o movimento contrário, pense em sexo mesmo sem estar com vontade, a tendência é ir criando esse desejo. Pensar em sexo é fundamental, e vale lançar mão de contos eróticos, livros, cursos, podcasts, terapia virada para a sexualidade. São muitas as formas de estar em contacto com o tema e estimular o lado erótico.” 

 

5 – Trabalhar a autoestima 

“Se não sente que a sexualidade é importante na sua vida, se tem traumas, bloqueios, não se acha bonito etc., é muito importante trabalhar essa autoestima. Procure conhecimentos na área ou inicie uma terapia focada na optimização desse autoamor. É preciso sentir que é merecedor de uma vida sexual intensa e de qualidade, logo, trabalhe essa permissão.” 

Sem comentários:

Publicar um comentário