13.4.21

Estes são os 10 futebolistas mais odiados de sempre

Assume-se como um deus e é um dos melhores avançados de todos os tempos. Zlatan Ibrahimovic dispensa apresentações e aos 39 anos ainda é um dos avançados mais temidos da actualidade. O astro sueco tem também a capacidade de gerar amores e ódios quase na mesma quantidade. E se muitos o veneram, outros tantos não morrem de amores pelo avançado do Milan. O que faz com que seja o grande destaque da lista dos 10 jogadores de futebol mais odiados de todos os tempos. Fica a conhecer os outros nove nomes, numa escolha do Daily Star.  

Sergio Ramos 

Diz a publicação britânica que o capitão do Real Madrid é daqueles jogadores que os adeptos amam odiar. O Daily Star destaca ainda a preenchida ficha disciplinar do defesa espanhol, realçando que nenhum jogador dos merengues já foi admoestado com mais cartões do que Sergio Ramos.  

 

Luis Suarez 

Os golos têm andado de mãos dadas com as polémicas. Recorda a publicação que o avançado do Atlético de Madrid já foi castigado por morder adversários. São recordadas ainda as palavras de Frank Lebouef, antigo jogador do Chelsea, que disse que o uruguaio era um batoteiro e um mau exemplo para os jovens. 

 

Andoni Goikoetxea 

A fama de carniceiro de Bilbao explica muita coisa da presença nesta lista. Para a história fica a entrada assassina que provocou uma grave lesão a Maradona. Bem como aquela que lesionou com gravidade Bernd Schuster. 

 

Kevin Muscat 

O antigo internacional australiano chegou a ser descrito como aquele que provavelmente seria o homem mais odiado do futebol. É outro daqueles casos que lesionou jogadores com gravidade, como foram os casos de Chritophe Dugarry e Craig Bellamy. Ou o caso de Matthew Holmes que foi obrigado a acabar a carreira depois de uma entrada do jogador que passou, entre outros, por WolvesCrystal PalaceMillwall e Rangers. 

 

Ben Thatcher 

Basta dizer que é o protagonista de uma das piores faltas da história da Premier League. Algo que aconteceu quando jogava no Manchester City e agrediu o português Pedro Mendes com uma terrível cotovelada. O ex-jogador do Portsmouth necessitou de tratamento hospitalar e Thatcher escapou com um cartão amarelo. Mais tarde, acabou castigado com oito jogos de suspensão. 

 

Roy Keane 

Já estavas à espera deste nome, certo? É um dos grandes jogadores da história do Manchester United, mas também foi o protagonista de algumas entradas bastante duras. Sem esquecer que até criticava colegas de equipa nas entrevistas rápidas. 

 

Joey Barton 

O que dizer de um jogador que foi castigado três vezes devido a conduta violenta. Murros e agressões a um colega de equipa fazem parte do histórico do ex-jogador do Manchester City. 

 

El Hadji Diouf 

Passou por clubes como Liverpool, Bolton e Leeds. E foi controverso em todos. Para a história fica uma cuspidela num jogador. 

 

Emmanuel Adebayor 

Trocou o Arsenal pelo Manchester City. As equipas defrontaram-se, o avançado marcou um golo e atravessou o campo todo para celebrar com os adeptos do antigo clube. É uma das celebrações mais memoráveis da Premier League e também das mais polémicas. O jogador foi multado e justificou o acto, que voltaria a repetir, com os insultos feitos à família. 

Sem comentários:

Publicar um comentário