4.4.21

miami heat suspendem meyers leonard após comentários polémicos enquanto jogava call of futy

Aquilo que poderia ser apenas mais um jogo online acabou por se transformar num pesadelo para Meyers Leonard. O basquetebolista da NBA foi suspenso pelos Miami Heat por tempo indeterminado. Em causa está uma ofensa aos judeus que o atleta proferiu enquanto jogava Call of Duty. O vídeo desse momento tornou-se viral, algo que resultou na suspensão atleta.  

Através de comunicado, a equipa do principal campeonato de basquetebol do mundo refere que não pode compactuar com os insultos antissemitas proferidos pelo atleta. “Os Miami Heat condenam veementemente o uso de qualquer forma de discurso de ódio. As palavras que Meyers Leonard utilizou foram inadequadas e não toleramos qualquer linguagem de ódio da parte de ninguém ligado à nossa equipa”, explicam os Miami Heat através de comunicado.  

 

“Lamento profundamente ter proferido um insulto antissemita” 

 

Também a NBA já fez saber que irá investigar o sucedido, condenando “inequivocamente todas as formas de discurso de ódio”. Por sua vez, o basquetebolista recorreu às redes sociais para se desculpar pelo sucedido. “Lamento profundamente ter proferido um insulto antissemita. Não sabia o que aquela palavra significava, mas a minha ignorância sobre a sua natureza ofensiva para a comunidade judaica não é desculpa”, escreveu no Instagram. 

 

Basquetebolista perde parcerias 

 

Além de suspenso pelos Miami Heat e de poder vir a ter problemas com a NBA, existem mais consequências para Meyers Leonard. O basquetebolista, que tinha por hábito interagir com os fãs através da plataforma Twitch, já perdeu diversas parcerias com empresas de videojogos. 

Sem comentários:

Publicar um comentário