21.5.20

iphone se quer "roubar" utilizadores de smartphones android

Acaba de chegar ao mercado e já está a dar que falar. Refiro-me do iPhone SE, que está as gerar expectativas bastante elevadas junto da Apple. Ao ponto de a marca norte-americana acreditar que o novo iPhone será aquele que irá conquistar os utilizadores de smartphones Android. Os mesmos que procuram um bom desempenho com um preço atractivo. Esta é a opinião de Tim Cook, CEO da Apple.

A relação entre qualidade e preço foi uma das preocupações da Apple, de modo a atrair novos utilizadores. O iPhone SE chegou ao mercado português com preços que oscilam entre os 499 (64GB) e os 669 (256 GB) euros. Existe ainda a versão de 549 euros (128 GB). Além do preço em conta, realce ainda para o processador de última geração, o A13 Bionic, que promete muita velocidade. Quanto ao chip, é o mesmo que se encontra no iPhone 11, iPhone 11 Pro e iPhone 11 Pro Max.

"Funciona em todas as áreas geográficas, mas espero que venda melhor onde o rendimento médio é menor. Espero que um número razoável de pessoas migre para o iOS. É uma oferta inacreditável. Traz o mecanismo dos nossos principais smartphones, num pacote muito acessível, e é mais rápido do que os telefones Android mais velozes. É um valor excepcional", defende Tim Cook, em conversa com o site 9to5Mac.

iPhone SE está disponível a partir do 499 euros


O iPhone SE está diponível em três cores: preto, branco e vermelho. O ecrã é de 4,7 polegadas e resolução Retina HD. O botão Home está de volta, contando com Touch ID. Conta com uma câmara única de 12 MP na parte traseira e uma frontal de 7 MP. O chip A13 Bionic ajuda aqueles que querem gravar vídeos em 4K a 60 frames por segundo. Ou mesmo tirar fotos com efeito desfocado, no modo retrato. Esta estratégia acaba por ser semelhante à adoptada com o iPhone XR, que chegou a ser o mais vendido do ano em 2019.


Sem comentários:

Publicar um comentário