13.5.20

é isto que tens de fazer para deixares de tocar na cara

Vamos a números, ok? Um estudo, de 2008, concluiu que as pessoas tocam no rosto, em média, 16 vezes por hora. Esta foi a conclusão depois de terem sido analisadas dez pessoas, em ambiente de escritório, ao longo de três horas. E este não é o único trabalho sobre a temática de tocar no rosto, muito em voga devido à pandemia de coronavírus.

Um outro trabalho, mais recente, consistiu em analisar 26 estudantes de medicina de uma universidade australiana. Este trabalho decorreu em 2015 e a conclusão foi a de que os alunos levavam as mãos ao rosto 23 vezes no espaço de uma hora. Olhando para os dois estudos, percebemos que são muitas vezes. Realço também que perto de metade dos toques no rosto acaba por ser na boca, olhos ou nariz. Algo que facilita a entrada de vírus e bactérias no nosso corpo e gesto que tem sido pedido, pelas autoridades, para que não seja feito. Já estás a pensar no coronavírus, certo?

Posto isto, e numa altura em que as vidas começam a regressar à normalidade, Zachary Sikora, psicólogo clínico no hospital Northwestern Medicine Huntley, Illinois, Estados Unidos da América, revela alguns truques para que deixes de tocar no rosto. Os mesmos foram partilhados no site healthline. "Está atento à intenção de manter as mãos afastadas do rosto. Apenas uma breve pausa pode ajudar a ter mais consciência do que estás a fazer com as mãos", começa por dizer.

Zachary Sikora recomenda que deixes lembretes, como post-it, em casa ou no local de trabalho. "Mantém as mãos ocupadas. Se estiveres em casa a ver televisão, aproveita para dobrar roupa ou agarrar alguma coisa com as mãos", acrescenta. Reforçando ainda a utilização de desinfectante ou sabonete perfumado. O cheiro irá centrar a tua atenção para o posicionamento das mãos.

Sem comentários:

Publicar um comentário