26.5.20

o farense está de volta e os adeptos do sporting já esfregam as mãos

A pandemia de coronavírus levou à suspensão dos campeonatos de futebol de quase todo o mundo. Na hora de regressar à normalidade tem existido alguma polémica em diversos países. Por cá, a confusão instalou-se na Liga Pro, o segundo escalão do nosso futebol. A prova foi dada por terminada, descendo de divisão quem ocupava os últimos lugares e subido de divisão aqueles que estavam nos lugares cimeiros. Que neste caso são o Nacional e Farense. No caso dos algarvios, é o regresso ao convívio dos grandes 18 anos depois.

Devo dizer, a título pessoal, que fico agradado com a subida do Farense. Tenho muitas memórias do São Luís, do Paco Fortes e o seu farto bigode e também de jogos muito intensos. Tenho de recuar até 2001/02 para encontrar a última participação do Farense na primeira divisão do futebol português. Uma época desastrosa com apenas 7 vitórias e outros tantos empates, em 34 jogos. A equipa ficou em 17º lugar, acabando por descer de divisão. A título de curiosidade, Salgueiros e Alverca foram as outras equipas despromovidas. Está na hora de olhar para aquela que era a equipa de um dos históricos do futebol português.

Essa época começou com o espanhol Alberto Pazos como treinador. Que cedeu depois o lugar ao português Jorge Castelo. Sendo que a equipa acabaria com Paco Fortes, um dos míticos treinadores do clube, no banco. No que ao plantel diz respeito, destacava-se Zoran Mijanovic na baliza. Na defesa, realce para nomes como Carlos Fernandes e Sousa, bem conhecidos do futebol português. Já no meio campo, Carlos Costa era um dos titulares absolutos. Com destaque ainda para Rodri. Na frente de ataque, Hassan, um dos históricos do emblema, e Ivan Durdevic eram os nomes mais sonantes.

Adeptos do Sporting com motivos para sorrir


Quem também terá motivos para ficar contente com o regresso do Farense à primeira divisão são os adeptos do Sporting. Menos pelos os mais supersticiosos. É que a época 2001/02 assinala a última em que o clube de Alvalade conquistou o título de campeão nacional, batendo o Boavista. Lazlo Boloni era o treinador e João Vieira Pinto e Mário Jardel (que marcou 42 golos para o campeonato) as estrelas da equipa.

Voltando ao Farense, agora tudo é diferente. Ao longo dos últimos anos, o clube algarvio chegou a passar por graves complicações financeiras, tendo mesmo acabado com o futebol. Depois de um crescimento gradual, o Farense conseguiu subir à segunda divisão em 2017/18. Agora, o tão desejado regresso à primeira divisão. Feito que é conquistado com Sérgio Vieira como treinador. Realce também para André Geraldes, que foi um dos homens de confiança de Bruno de Carvalho no Sporting e que é hoje CEO do Farense. No que à equipa diz respeito, Ryan Gauld, o jogador que chegou a Portugal – para representar o Sporting – com o rótulo de Messi escocês, é uma das estrelas com maior destaque.

Quanto à história, realce para a presença na final da Taça de Portugal na época 1989/90. Bem como o 5º lugar alcançado em 1994/95. Algo que permitiu ao clube mais antigo do Algarve participar na extinta Taça UEFA na época seguinte.

Sem comentários:

Publicar um comentário