6.2.21

descobre por que ficas com dor de cabeça depois de beberes vinho

Muitas pessoas ficam com dor de cabeça depois de beber um copo de vinho. Ou mais alguns. A verdade é que esta situação é mais comum do que muitos julgam e não está apenas relacionada com o consumo excessivo desta bebida. De acordo com a The Healthy, existem vários motivos que ajudam a explicar o aparecimento da dor de cabeça.  

Refere o site que o problema poderá estar na forma como metabolizas o álcool. Que eventualmente será diferente em comparação com outras pessoas, tudo graças a uma diferença genética. Existem diferenças no gene que é conhecido como aldeído desidrogenase 2 (ALDH2), bastante comum nas populações do Leste Asiático. Este poderá ser responsável pela inibição da normal metabolização do álcool. 

 

A culpa da dor de cabeça pode ser uma diferença genética 

 

Ainda assim, os motivos mais comuns estão relacionados com a desidratação. Bem como níveis elevados de histamina, a substância química que o corpo fabrica quando tem alergias. E que também dá início à libertação de ácido estomacal, algo que ajuda na digestão. E os motivos não se ficam por aqui. As dores de cabeça podem ainda estar associadas à sensibilidade a compostos que estão presentes em alguns vinhos. É o caso da tiraminafeniletilamina, sulfatos e fenóis flavonoides, explica o médico Ronnie Bowen. 

 

O que fazer para evitar a dor de cabeça? 

 

No mesmo artigo é referido aquilo que deverás fazer para evitar as dores de cabeça. “A regra número um para evitar dor de cabeça é não beber muito álcool”, refere a médica Hélène Bertrand. No caso dos homens é dois copos por dia. Quanto às mulheres, é de um. É salientado ainda que beber muito mais vinho na esperança de ganhar uma maior tolerância à bebida é um erro. E que nunca irá prevenir uma ressaca. Outra das dicas passa por intervalar as bebidas alcoólicas com o consumo de água. 

Sem comentários:

Publicar um comentário