26.2.21

joão félix, atlético de madrid e benfica juntos (mas não muito) na covid-19

João Félix foi dos jogadores mais recentes do Atlético de Madrid a acusar positivo à covid-19. Por outro lado, o português, de 21 anos, é também o caso mais recente de uma boa ligação entre o clube espanhol e o Benfica. Que tem sido espelhada em diversas transferências, com especial destaque para os 127,20 milhões que a equipa treinada por Simeone pagou aos encarnados. Agora, em altura de pandemia, é a covid-19 que volta a unir os clubes.  

Benfica e Atlético de Madrid são dois dos clubes europeus mais afectados pelo vírus que continua a ser notícia de destaque em todo o mundo. João Félix foi o 12º jogador colchonero que testou positivo à covid-19. Aos quais se junta o treinador argentino. O que faz do emblema madrileno um dos mais afectados pela doença. Ainda assim, o Atlético Madrid nunca teve um surto que infetasse muitos jogadores em simultâneo. 

 

Jogadores revelam anticorpos no organismo 

 

A João Félix juntam-se, na lista de infectados, Renan Lodi, Correa, Vrsalko, Diego Costa (já não está no clube), Santiago Arias, Giménez, Suárez, Lucas Torreira, GrbicMario Hermoso e Ferreira-Carrasco. Porém, recentemente o treinador só não pôde contar com três jogadores devido à covid-19. Existe ainda outro dado curioso. É que na bateria de exames de início da época descobriu-se que nove jogadores revelaram anticorpos no organismo. A identidade destes nunca foi revelada. 

 

Benfica já teve 21 jogadores infetados com covid-19 

 

Se as notícias apontam o Atlético de Madrid como um dos clubes mais afectados devido à pandemia de covid-19, o que dizer do Benfica. Recentemente os encarnados tiveram privados de uma dezena de jogadores em simultâneo. Otamendi, Nuno Tavares, Vertonghen, Diogo Gonçalves, Grimaldo, Gilberto, Waldschnidt, Helton Leite, Vlachodimos e Everton lidaram com a doença ao mesmo tempo. Svilar, Darwin, WeiglTaarabt, Pizzi, Jardel, João Ferreira, Seferovic, Gonçalo Ramos, Cervi e Gabriel também já estiveram infetados. Sem esquecer Pedrinho, que esteve em isolamento depois de um teste inconclusivo. O que significa que apenas cinco jogadores do plantel – Samaris, Chiquinho, Rafa, Ferro (já não está no clube) e André Almeida (recupera de lesão grave) - é que não estiveram infectados com covid-19. 

  

Tal como no Atlético de Madrid, também o treinador do Benfica (Jorge Jesus) esteve infectado. Com a agravante de que toda a restante equipa técnica chegou a estar infectada. A esta lista juntam-se o presidente Luís Filipe Vieira e outros membros da estrutura encarnada. O que faz com que o Benfica seja (provavelmente) o clube europeu mais afectado pela pandemia de coronavírus. 

 

Atlético de Madrid lidera enquanto Benfica desilude 

 

Existe depois um detalhe que faz toda a diferença e que deixa os adeptos espanhóis felizes e os portugueses cabisbaixos. É que o Atlético de Madrid lidera o campeonato espanhol. Por sua vez, o Benfica está num modesto quarto lugar, a 15 pontos de distância do líder do Sporting, o actual líder do campeonato. Lá está, juntos, mas não muito.

Sem comentários:

Publicar um comentário