3.4.20

cristiano ronaldo e o ódio de que é alvo na argentina

Existem diversos pontos em comum entre Paulo Dybala e Cristiano Ronaldo. Além de serem ambos excelentes jogadores, são colegas de equipa na Juventus. Estão ambos em isolamento social e é aqui que existe uma pequena diferença. O português testou negativo ao coronavírus enquanto o argentino testou positivo, sendo um dos jogadores da equipa italiana que foi infectado pela covid-19. A doença foi um dos temas de conversa de uma entrevista que Dybala concedeu ao site da Federação Argentina de Futebol.

"Tossi muito, estava cansado e à noite, quando dormia, sentia frio. Foi um pouco viver com isso e tentar não desesperar, acalmar-me e falar com os médicos da Juventus", começa por dizer o jogador argentino. A conversa acabou por incluir Cristiano Ronaldo, que chegou a Itália na época passada. E é aqui que entra o ódio e uma curiosidade. "Eu disse-lhe: Cristiano, na Argentina, odiamos-te um pouco pela tua figura, pela tua maneira de ser, pelo andar. A verdade é que me surpreendeste e encontrei outra coisa", conta. Revelando ainda a reacção de Cristiano Ronaldo. "Eu sei que é assim e estou acostumado a ser visto dessa forma", respondeu o português.



Voltando ao futebol, Paulo Dybala falou ainda da relação com Messi na selecção argentina. "Eu nunca quis criticar um companheiro de equipa, só queria melhorar aquilo que estava a acontecer. Até conversei com Leo, porque somos muito parecidos tacticamente. Mesmo com Scaloni, trabalhamos para não colidir no campo. É claro que gostaria de poder dar mais na selecção. Para ter melhores resultados em relação ao grupo e no aspecto pessoal. No Mundial não tive muitos minutos, tal como na Copa América. Respeitei sempre as decisões dos treinadores, porque a Argentina tem muito prestígio", termina.

Sem comentários:

Publicar um comentário