7.4.20

kyle walker e quando quarentena rima com festa com prostitutas

Aqueles que acompanham o futebol reconhecem de imediato o nome Kyle Walker. É jogador da selecção inglesa e um dos principais do Manchester City, equipa inglesa treinada por Pep Guardiola e na qual joga o português Bernardo Silva. Numa altura de isolamento social, o jogador, de 29 anos, dá que falar por ter sido apanhado numa festa com prostitutas. Algo que fará com que seja multado pelo clube.

"Os futebolistas são modelos a seguir a nível mundial e o nosso pessoal e jogadores trabalharam para apoiar os incríveis esforços do sistema nacional de saúde e outros trabalhadores chave (…). Estamos decepcionados por ver as acusações, tomámos nota da rápida declaração e desculpas de Kyle e vamos abrir-lhe um processo disciplinar interno nos próximos dias", disse um porta-voz do clube à BBC.

Esta situação levou mesmo o jogador a publicar um vídeo nas redes sociais, no qual pede "desculpas públicas pelas decisões tomadas que deram lugar a uma história" sobre a sua vida pessoal. "Há heróis que marcam uma diferença vital para a sociedade neste momento e eu quero ajudar, apoiar e destacar os seus incríveis sacrifícios e o seu trabalho para salvar vidas. As minhas acções neste momento contrastam directamente com o que deveria ter feito", lamenta.

Depois de assumir o erro, Kyle Walker reforça a mensagem que mais se ouve e que não cumpriu. "Fica em casa, mantém-te a salvo", diz. Assumindo ainda ter "a responsabilidade de ser um modelo a seguir". A mensagem tem também um pedido de desculpas à família, amigos, clube, adeptos e público em geral, pessoas que diz ter decepcionado.

Sem comentários:

Publicar um comentário