16.4.20

gisele bündchen e as tarefas domésticas que quase acabaram com o casamento

Esta é daquelas histórias que todos os casais deveriam ler. Os protagonistas são Gisele Bündchen e Tom Brady, um dos casais mais mediáticos do mundo. O final é feliz mas poderia ter ditado o final do casamento de sonho. Vamos lá saber porquê. E para ponto de partida podemos dizer que a estrela do futebol americano e a antiga super modelo passaram por uma crise.

Foi durante uma entrevista a Howard Stern, da rádio norte-americana SiriusXM, que Tom Brady revelou que o casamento passou por uma crise há dois anos. E o motivo foram as tarefas domésticas. "Ela sentia que eu não estava a fazer a minha parte na família. Sentia que eu ficava a jogar futebol-americano a época inteira enquanto ela cuidava da casa. No final da temporada, dedicava-me aos outros compromissos profissionais e em treinar mais para a época seguinte", começa por dizer. "Então ela dizia: ‘quando é que vais fazer coisas para a casa? Quando é que vais levar as crianças à escola e coisas assim?’ Foi um momento importante do nosso casamento, no qual tive de me entregar mais. Ela dizia: ‘também tenho objectivos e sonhos’", prossegue.

Tom Brady conta ainda que esse foi um momento de transição. Os treinos e projectos pessoais acabaram por deixar de ocupar tanto tempo, de modo a poder dedicar-se mais à família. "A situação não era boa. A Gisele não estava satisfeita com o nosso casamento e eu precisava de tentar mudar isso", refere. O jogador diz também que não foi um processo fácil e que o casal teve mesmo de fazer terapia de casal. E foi durante este momento que aconteceu algo que Tom Brady considera muito importante. Que foi quando Gisele Bündchen escreveu uma carta ao marido, a explicar como se sentia no casamento. "Escreveu uma carta muito bem pensada. Ainda a tenho. É uma carta muito sincera, na qual ela diz onde estou no nosso casamento e é uma óptima forma de me lembrar de que as coisas vão mudar e evoluir com o tempo. O que aconteceu e o que funcionou para nós há dez anos não irá funcionar para sempre. Estamos sempre a crescer de maneira diferente", defende.

Tom Brady diz que a relação necessita de ser trabalhada pelos dois, para que seja equilibrada. Uma das decisões que o jogador tomou foi a de abandonar os New Englad Patriots, clube que representou durante duas décadas, para mudar-se para o modesto Tampa Bay Buccaneers. Algo que permite que fique mais perto do filho, John, de 12 anos, fruto da relação com a actriz Bridget Moynahan. O jogador diz ainda que não tinha planeado ser pai antes dos 30 anos, pois não queria que nada se metesse entre si e a carreira. "As coisas mudaram para melhor, porque encontrei uma esposa e a mulher com quem queria estar para sempre. Ela sempre me apoiou muito em tudo. Ela também trabalha muito e que ser uma grande e boa influência para o mundo", conclui, referindo-se à ex-modelo brasileira. Tom Brady e Gisele Bündechen têm dois filhos em comum: Benjamin, de 10 anos, e Vivian, de sete.






Sem comentários:

Publicar um comentário