7.4.20

5 conselhos para acabares com fraudes em compras online

Com o isolamento social que muitas pessoas estão a fazer, bem como com o facto de muitos negócios estarem encerrados, existem cada vez mais pessoas a recorrer às compras online. Uma medida que tem o aspecto positivo de evitar o contacto físico entre pessoas. Por outro lado, com desleixo e desatenção, poderá levar a fraudes que são uma grande dor de cabeça. Assim, fica a par destes cinco conselhos, que vão ajudar a que tudo corra bem.

1 – Usa apenas aplicações oficiais
Primeiro, digo-te que é melhor fazeres as compras no smartphone do que no computador. Depois, não uses um iPhone com jailbreak (permite usar aplicação não oficiais da Apple) nem faças download de aplicações fora da Play Store, em aparelhos com Android. Fica-te pelas aplicações oficiais.

2 – Comprova a veracidade do site
Se usares o computador, assegura-te de que estás no site oficial da loja. Muitos fraudes partem de ofertas falsas em sites falsos. E redobra a tua atenção porque estas chegam mesmo a aparecer como publicações patrocinadas nas redes sociais. Ainda em relação ao computador, é importante que uses as actualizações automáticas do antivírus.

3 – Cuidado com o preço do transporte
O valor do frete numa oferta mais barata pode fazer com que fique mais cara do que outras que aparentavam ser mais caras. Tem sempre este valor em atenção.

4 – Usa um cartão virtual
Os bancos possibilitam que cries um cartão virtual. Com este terás acesso a um número de cartão específico só para compras online. É uma opção mais segura pois é fácil de cancelar sem que comprometas o cartão físico. Ficas também mais protegido de sites falsos e de acesso indevido a dados.

5 – Lembra-te de que és um intermediário de pagamento
Muitos serviços permitem que registes o cartão de crédito. Assim, poderás utilizá-lo em diversas lojas, sem que tenhas de partilhar informações de pagamento com as várias lojas. Sendo que esse serviço é também uma protecção para ti. Mas não fiques relaxado. Fica sempre atento aos emails falsos e, preferencialmente, activa a autenticação de dois factores no serviço de pagamento.

Se seguires tudo isto, é meio caminho andado para não teres dores de cabeça.

Sem comentários:

Publicar um comentário