2.3.20

sexo, afinal muitos de nós são exibicionistas e voyeurs

Existem diversos estudos que revelam que a possibilidade de ser apanhado por alguém, enquanto se tem relações sexuais, é algo que excita bastante as pessoas. Até aqui, nada de novo. Agora, um estudo do Sexlog, uma rede social brasileira para adultos, eleva esta discussão para um novo patamar. É certo que o trabalho foi efectuado apenas no país sul-americano, tendo contado com 5 mil pessoas, mas creio ser suficiente para uma boa discussão. Vamos a isto!

63% das pessoas diz já ter tido relações sexuais enquanto era observada por alguém. Sendo que, e isto remete para a primeira frase do texto, mais de metade das pessoas assume que o risco de ser apanhado é algo de que gostam. Ao ponto de deixar os cortinados abertos nas alturas mais quentes. Talvez por isto não espante que 80% dos inquiridos tenha dito gostar de fazer sexo no carro, onde existe uma probabilidade elevada de ser apanhado.

Aliás, nem o chefe ou colegas de trabalho são um impedimento. Pelo menos para os 45% que assume já ter tido relações sexuais no local de trabalho. Esta percentagem é igual para as pessoas que já fizeram sexo na praia, mesmo com outras pessoas por perto. Por sua vez, 54% diz já ter tido relações sexuais num quarto onde estavam outras pessoas a fazer o mesmo. 

E 48% revela não ter problemas em ter sexo se alguém estiver a dormir ali mesmo ao lado. Só falta dizer que parece que mais de metade de nós também tem o seu quê de voyeur. Pois 55% diz já ter visto propositadamente alguém a ter relações sexuais. Assumindo ainda ter ficado excitado com isso.

Sem comentários:

Publicar um comentário