13.3.20

geisy arruda, algemas, contos eróticos e a forma de lidar com uma traição

Já tinha falado de Geisy Arruda aqui no blogue. E volto a falar porque a modelo e empresária está de férias na Europa. Com passagem por Portugal, a brasileira não se deixa assustar pelas baixas temperaturas e até tem partilhados fotos e vídeos ousados. Que têm como objectivo promover o livro de contos eróticos que escreveu.

Na foto mais recente, Geisy Arruda aparece deitada de costas, em topless e algemada. É certo que quase todos os seguidores ficaram presos na imagem. Mas a brasileira usa a legenda para dar a conhecer a solução para a traição, que aparece no livro que compila 10 contos eróticos, alguns reais. “Você já foi traído(a)? É Horrível não é? Porém, todavia, não deveria. O meu livro de contos eróticos O Prazer da Vingança ensina que até no chifre se tem o lado bom. Vingue-se igual com uma garota má. Se acabando de prazer”, escreve na legenda da imagem.

Fama com polémica em 2009


O nome de Geisy Arruda poderá passar despercebido a uma muitas pessoas. Até porque é preciso recuar até 2009 para recuperar o momento em que ficou mundialmente conhecida. A então estudante brasileira apareceu na universidade com um vestido cor-de-rosa. Os colegas não gostaram e hostilizaram a jovem. Tiveram de ir polícias ao local escoltar Geisey, que acabou expulsa do estabelecimento de ensino. O caso foi muito mediático, a expulsão foi revogada, mas Geisy recusou voltar à universidade.

Hoje, com 30 anos, é empresária, apresentadora, atriz e já participou num reality show. Em Ibiza, onde esteve de férias, experimentou o topless. Ficou rendida e deixou a promessa de experimentar o nudismo quando regressar ao Brasil. Antes disso, passou por Portugal, onde descobriu um anúncio de um alegado travesti que usa as suas fotos em anúncios de cariz sexual. Além disto, e numa altura em que está solteira, revelou ser bissexual e mostrou-se disponível para viver uma história de amor com uma mulher, algo que nunca aconteceu.

Fã de topless


Recentemente, um dos seguidores quis saber a sua opinião em relação aos namoros à distância. "A distância é difícil, porém não é impossível. Iria organizar-me para vê-lo sempre. E não desistiria dele. Hoje em dia, o sexo está tão fácil, que perdeu-se um pouco da vontade de 'lutar' e de se dar às pessoas. Está todo o mundo com medo de levar com cornos", explicou.

Houve pessoas que foram mais ousadas. E quiseram saber algo sobre o "tamanho do documento", que é como quem diz, o tamanho do pénis. "É normal uma vizinha perguntar à mulher se o marido dela tem o trem grande?", perguntou. "Sim, temos curiosidade em saber o tamanho do trem dos meninos", disse sem qualquer timidez. Conhecida por não ter tabus, Geisy até falou de sexo anal, um fetiche de muitos homens. "Uma mulher não é menos mulher por não gostar e não querer fazer sexo anal. Isso tudo depende, do quanto te entregas a uma relação, tendo por base o que te dá prazer e o que te excita, e o quanto ficas à vontade, e até o que chega para ti. Cada um sabe quais são os seus limites", explica.

Agora, as pessoas ficaram a saber que a pontaria não é o forte de Geisy Arruda. A brasileira partilhou uma foto ousada nas redes sociais. O objectivo passava por usar um emoji para tapar uma parte mais íntima do corpo. Só que o resultado... foi um desastre. Ainda assim, e pelo menos até este momento, o Instagram não censurou a foto de Geisy. "Já que um beijo vale mais que mil palavras… gostaria de escrever textos no seu corpo", escreveu na legenda da imagem.

Sem comentários:

Publicar um comentário