20.1.21

the weeknd acusa grammy de corrupção e a culpa pode ser do super bowl

Assim que surgiu a lista de nomeados para os Grammy deste ano, destacaram-se duas ausências. A de Bob Dylan e também a de The Weeknd. Sendo que a polémica instalou-se devido à reacção do artista canadiano, de 30 anos. Que recorreu às redes sociais para deixar duras críticas ao evento. “Os Grammys continuam corruptos. Devem-me, aos meus fãs e à indústria, transparência”, acusou.  

O desabafo do artista tem dado que falar e muitos são aqueles que saíram em defesa do cantor. Como é o caso de Elton John, que defende que The Weeknd tem a melhor música do ano (Blinding Lights) e também o melhor álbum do ano (After Hours). Também Drake saiu em defesa do cantor.  

 

Tudo isto fez com que a Academia de Gravação a vir a público defender-se. O presidente Harvey Mason Jr. fez saber que se trata de um ano “atípico” e muito “competitivo”. “Percebemos que The Weeknd esteja desapontado por não ter sido nomeado. Também estou surpreso. As suas músicas são excelentes e as contribuições para a comunidade da música e para o mundo no sentido mais amplo merecem a admiração de todos”, explica numa nota enviada à Variety. “Infelizmente, todos os anos há menos nomeações do que artistas que as merecem”, acrescenta. 

 

“Infelizmente, todos os anos há menos nomeações do que artistas que as merecem” 

 

De acordo com o TMZ, esta ausência justifica-se com a presença de The Weeknd na famosa actuação de intervalo do Super Bowl. Refere o site que a Academia queria obrigar o cantor a escolher entre actuar no evento desportivo ou na gala da entrega dos Grammys. Sendo que a Academia queria a exclusividade da actuação. A equipa de The Weeknd terá feito os possíveis para manter as duas actuações, que teriam uma semana de intervalo, acabando o cantor por ficar de fora das nomeações para os importantes prémios musicais. 

 

Esta versão é desmentida na nota que a Academia de Gravação fez chegar à Variety. “Nós ficámos entusiasmados quando descobrimos que ele actuaria no próximo Super Bowl e nós teríamos amado tê-lo a actuar também no palco do Grammy na semana anterior. Para ser claro, a votação de todas as categorias acabou muito antes da performance de The Weeknd no Super Bowl ser anunciada. De maneira alguma isso poderia ter afetado o nosso processo de nomeação”, termina Harvey Mason Jr.. 

Sem comentários:

Publicar um comentário