11.1.21

felicity palmateer, a surfista que domina as ondas como veio ao mundo

Nem todos os surfistas têm coragem de enfrentar as grandes ondas. E se há quem o faça com mestria, existe também quem ainda o faça com uma boa dose de sedução e sensualidade. Falo de Felicity Palmateer, uma surfista que está a dar que falar por dominar as grandes ondas completamente nua.  

Além de entrar nos mares como veio ao mundo, Felicity Palmateer decidiu transformar esta aventura num filme. A surfista profissional australiana, de 28 anos, é a protagonista de Skin Deep, um projecto que mistura a paixão que tem tanto pelo desporto que pratica como pela arte. Foi no Instagram, rede social na qual conta com 192 mil seguidores, que a surfista partilhou um trailer do filme. Em pouco tempo, o vídeo acabou por tornar-se viral. 

 

Felicity Palmateer passou quatro anos a gravar Skin Deep 

 

No teaser de Skin Deep podemos ver Felicity Palmateer a dominar ondas no Havaí, Fiji e Austrália apenas com a prancha e o “fato” com que veio ao mundo. Imagens captadas com drone e outras subaquáticas ajudam a criar um filme com uma boa dose de beleza artística. A surfista explica ainda nas redes sociais que se trata de um projeto que demorou quatro anos a ser feito. 

 

“A minha feminilidade num espaço livre de julgamentos permitiu-me olhar para o meu corpo de forma diferente” 

 

“O oceano sempre foi o maior espelho de como me sinto mentalmente e o processo de gravar Skin Deep foi incrivelmente fortalecedor e catártico”, diz Felicity Palmateer. “A minha feminilidade num espaço livre de julgamentos permitiu-me olhar para o meu corpo de forma diferente. Para honrá-lo pelo que me permite fazer fisicamente e para abraçar o amor próprio e a aceitação”, acrescenta. 

 

Foi também nas redes sociais que a surfista explicou o porquê do projecto, até porque é uma das perguntas que mais lhe fazem. “A minha resposta para todas essas pessoas, aquela que fica no meu coração enquanto artista e surfista, é por que não?”, explica. Por sua vez, o produtor JJ Jenkins explica que não foi fácil encontrar locais que oferecem o clima e ondas perfeitas para o filme. Bem o facto de não existir muitas pessoas, para que a protagonista se sentisse inteiramente à vontade. Do projeto fazem ainda parte fotógrafos famosos como Rick Ricifi, Chris White e Dwayne Fetch.






Sem comentários:

Publicar um comentário