20.1.21

carta de maradona no fifa 21 dá origem a polémica

As reações à morte de Diego Armando Maradona fizeram sentir-se um pouco por todo o lado. Algumas delas chegam com boa dose de polémica. Como é o caso do que está a acontecer no mundo dos videojogos, mais especificamente no FIFA 21. Isto porque a morte do astro argentino levou a uma inflação do preço da carta do jogador.  

De acordo com relatos oriundos da Argentina, a carta de El Pibe teve logo um aumento de 35% assim que surgiram as primeiras notícias da morte do eterno camisola 10. Saliente-se que estamos a falar da carta com maior overall (95) de um ex-jogador. Pelo menos entre aquelas que estão disponíveis no jogo neste momento. Falando de valores, a carta está agora a ser vendida por qualquer coisa como 2,6 milhões de moedas. Quando há pouco tempo estava disponível por 2. Algo que tanto acontece na PlayStation como na Xbox e na versão para PC. 

 

Notícia da morte de Maradona disparou o preço da carta do ex-jogador 

 

Esta inflação gerou uma onda de críticas nas redes sociais. Com gamers de todo o mundo a criticarem os novos valores. “A primeira reacção da comunidade do FIFA à morte de Maradona é aumentar o preço dele em meio milhão de moedas. Não posso salientar suficientemente o quanto odeio humanos”, é um dos muitos comentários. Havendo também quem peça que a EA Sports ofereça uma carta de Maradona a todos os jogadores. 

 

A verdade é que estamos perante um fenómeno que não é novo nos videojogos. Até há pouco tempo, a EA Sports removia as cartas dos jogadores falecidos. Estratégia que veio a mudar com o tempo. Olhando para outros jogos, também aconteceu o mesmo com o preço da carta de Kobe Bryant no NBA2K20 quando o ex-jogador morreu no início de 2020. 

Sem comentários:

Publicar um comentário