30.1.21

caminhos de rui vitória e jorge jesus voltam a cruzar-se

O Verão de 2015 foi um dos mais quentes dos últimos anos do futebol português. O Benfica acabara de se sagrar campeão nacional e nada fazia prever um final de época agitado. Até que surge a notícia de que Jorge Jesus se preparava para abandonar o clube que orientava desde 2009. Pouco tempo depois iniciam-se os rumores de que Bruno de Carvalho se preparava para levar o treinador para o Sporting. Jorge Jesus assina pelo Sporting e o Benfica aposta em Rui Vitória, até então treinador do Vitória Sport Clube, para dar continuidade ao projecto encarnado.  

Até aqui, nada de estranho. É apenas a vida de um treinador a seguir o seu curso normal. Até que teve início uma acesa troca de palavras entre os dois treinadores. “Só tenho de dar os parabéns ao treinador do Benfica que é inteligente e mantém tudo igual numa equipa que venceu tudo”, foi um dos primeiros comentários de Jorge Jesus. Mais tarde, foi a vez de Rui Vitória responder. “Respondo e falo com quem quero, quando quero e quando a minha cabeça decide dizer o que quer que seja”, disse. 

 

Rui Vitória e Jorge Jesus protagonizaram uma intensa troca de palavras em 2015/16 

 

Jorge Jesus insistiu num jogo de palavras que deu origem a nova resposta de Rui Vitória. “Neste momento, o treinador do Sporting fica a falar sozinho, porque não me apetece falar com ele. Ponto final.”, reagiu. “Eu não vou responder directamente ao Rui Vitória, é fácil depois de se ganhar”, referiu Jorge Jesus depois de derrotar o Benfica em pleno Estádio da Luz. No jogo jogado, Rui Vitória levou a melhor, sagrando-se campeão nacional. Para a história fica ainda o momento em que disse que um vendedor de pipocas que tinha estado numa festa tinha mais importância do que Jorge Jesus. 

 

Depois de substituir Jesus no Benfica, Vitória rumou, tal como JJ, à Arábia Saudita

 

Os tempos foram passando, o Sporting viveu uma das épocas mais negras da sua história, com o ataque à academia de Alcochete e Jorge Jesus deixou o comando da equipa. Estávamos em 2018 e o treinador natural da Amadora rumou à Arábia Saudita para aquela que foi a primeira experiência no estrangeiro e JJ passou a orientar o Al-Hilal. Por sua vez, Rui Vitória ainda conquistou mais um campeonato de águia ao peito. 

 

Até que, em 2019, Rui Vitória abandona o Benfica e ruma à... Arábia Saudita. Dois dos treinadores que tinham protagonizado um dos maiores duelos dos últimos tempos voltavam a estar juntos num mesmo campeonato. O treinador ribatejano assumiu o comando do Al-Nassr e já todos antecipavam novos duelos, mesmo num campeonato sem grande expressão. Só que Jorge Jesus deixa a Arábia Saudita e viaja para o Brasil, assumindo o comando do Flamengo. Ao leme da equipa brasileira, o treinador português conquistou o campeonato, a Recopa e a tão desejada Taça Libertadores. Por sua vez, Rui Vitória sagrava-se campeão da Arábia Saudita. 

 

Flamengo aposta em Rui Vitória para dar continuidade ao trabalho de... Jorge Jesus 

 

Em 2020, Jorge Jesus troca o projecto brasileiro pelo regresso a Portugal, para treinar o Benfica. Enquanto isso, Rui Vitória tem um mau arranque de época na Arábia Saudita, acabando despedido do Al-Nassr. Pouco tempo depois, o ribatejano começa a seguir o Flamengo nas redes sociais. Surgem então rumores que Vitória é o escolhido para dar continuidade ao trabalho de Jorge Jesus no Flamengo. Isto depois de o clube brasileiro já ter contratado e despedido dois treinadores. 

 

Ainda que não exista uma confirmação oficial, vários órgãos de comunicação social garantem que Rui Vitória será mesmo o futuro treinador do Flamengo. O que faz com que o percurso dos dois treinadores seja ainda mais caricato e volte a estar unido. Apesar de existir um oceano de distância e de já terem passado, sem sucesso, dois treinadores pelo clube brasileiro, todos aguardam a reação de Jorge Jesus à contratação de Rui Vitória. Será que irá falar de um Ferrari que Vitória não tem mãos para conduzir, como insinuou quando o ribatejano estava no Benfica? 

 
E o futuro? 

 

Por outro lado, será que a história não fica por aqui e Rui Vitória será o futuro treinador do Benfica quando Jorge Jesus abandonar a Luz? Só o tempo irá dar resposta a todas estas questões. Sendo certo que Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica, chegou a dizer que os benfiquistas teriam saudades de Rui Vitória. E assim, em bom português, se escreve uma das histórias mais caricatas relacionadas com treinadores. 

Sem comentários:

Publicar um comentário