17.7.20

descobre qual é o único estádio português da polémica lista dos 30 mais apaixonantes e ruidosos do mundo

Depois de vários meses de paragem, os principais campeonatos de futebol estão de volta à normalidade possível. Ainda que, nesta nova realidade, os jogos se realizem sem público nas bancadas. O que faz com que as equipas deixem de sentir o apoio dos adeptos, algo que é visto por muitos como um factor decisivo em determinadas partidas. Numa altura de retoma do desporto rei, a France Football elaborou a lista dos 30 estádios mais apaixonantes e ruidosos do mundo. Desta só faz parte um estádio português e está instalada a polémica.

Se a eleição dos melhores jogadores do mundo já dá que falar, a dos estádios de futebol mais apaixonantes e ruidosos não se fica atrás. Algumas Bolas de Ouro, atribuídas pela France Football, têm dado origem a muitas polémicas. Desta vez, a confusão instalou-se devido a uma lista que diz respeito a grandes palcos do futebol mundial. Aquilo que a revista francesa quis realçar foi a paixão dos adeptos e o ruído que se faz sentir durante a partida.

Desta lista faz parte apenas um estádio português - o do Benfica – e existem grandes equipas que viram os seus recintos ficarem de fora dos eleitos. Como é o caso de Old Trafford, a casa do Manchester United. Ou o Santiago Bernabéu, palco do Real Madrid. Ainda em Espanha, também Camp Nou (Barcelona) e Wanda Metropolitano (Atlético de Madrid) ficaram de fora. Fica então a conhecer aqueles que a France Football considera os 30 estádios mais apaixonantes e ruidosos do mundo.

30 – Millerntor Stadium - Sankt Pauli (Alemanha)
29 – Parc des Princes – Paris Saint-Germain (França)
28 - Estádio Radés - Esperance de Tunis (Tunísia)
27 - Estádio 5 de Julho 1962 – Mouloudia D’Alger (Argélia)
26 - Estádio da Luz – Benfica (Portugal)
25 - Estádio Marechal Jósez Pisudski – Legia Varsóvia (Polónia)
24 - Estádio Pedro Bidegain - San Lorenzo (Argentina)
23 - Estádio Olímpico - Roma (Itália)
22 – Saint James Park – Newcastle (Inglaterra)
21 - Campeón del Siglo - Peñarol (Uruguai)

20 - Estádio Mohamed V – Raja Casablanca (Marrocos)
19 - Estádio Toumba – PAOK (Grécia)
18 – Mestalla – Valencia (Espanha)
17 - Estádio Sukru Saracoglu – Fenerbahce (Turquia)
16 - Estádio Internacional do Cairo – Al Ahly (Egipto)
15 – Geoffroy Guichard – Saint Etienne (França)
14 – Orange Velodrome – Olympique Marselha (França)
13 – San Paolo - Nápoles (Itália)
12 – De Kuip – Feyenoord (Holanda)
11 – Turk Telekom – Galasataray (Turquia)

10 - Maracanã - Flamengo e Fluminense (Brasil)
9 – San Mamés - Athletic Bilbao (Espanha)
8- Estádio Karaiskakis – Olympiakos (Grécia)
7– Vodafone Park – Besiktas (Turquia)
6- Estádio Monumental – Rver Plate (Argentina)
5– Celtic Park – Celtic (Escócia)
4- Estádio Rajko Mitic – Estrela Vermelha (Sérvia)
3– Signal Iduna Park – Borussia Dortmund (Alemanha)
2 – Anfield – Liverpool (Inglaterra)
1 – La Bombonera – Boca Juniors (Argentina)

Sem comentários:

Publicar um comentário