10.7.20

alpina gyre, um relógio de mergulho ecológico feito com restos de redes de pesca

A Alpina uniu esforços com a startup sustentável Gyre Watch para criar uma nova variante do Seastrong Diver, um dos modelos clássicos da marca suíça. É assim que nasce o Alpina Gyre, um relógio de mergulho que é feito com material reciclado recuperado das máquinas que recuperam lixo dos mares.

Esta criação ecológica distingue-se por uma caixa de 44 milímetros, que é composta por 70% de plástico de redes de pesca e 30% de fibra de carbono. Conta com o movimento automático AL-525 e uma reserva de energia de 38 horas. Tempo, até ao segundo e data são vistos no mostrador. Esta última aparece numa janela situada na posição das 3 horas.

O mostrador azul em madrepérola, com detalhes em prateado, é protegido por cristal de safira, à prova de riscos. Trata-se de um modelo com resistência até 305 metros de profundidade. Existem ainda mais duas versões disponíveis com um mostrador azul mais claro. Com braceletes feitas com recurso a plástico reciclado e também resíduos de maçã.

O relógio de mergulho Alpina Gyre tem um preço de 1235 euros. As três cores vão estar limitadas a 1883 peças, número que faz referência ao ano de fundação da Alpina. Por outro lado, se estiveres interessado num Gyre SeaClenaer, aparelho que permite a limpeza dos mares, podes adquirir um por 197 euros na Kickstarter.


Sem comentários:

Publicar um comentário