11.11.20

três jovens talentos disputam lugar que a ferrari quer preencher na fórmula 1

Está por dias uma das revelações mais aguardadas relacionadas com os planos da Ferrari para as equipas de Fórmula 1 de 2021. Mattia Binotto, chefe da equipa, revelou que os planos passam por promover um jovem talento da academia de pilotos e que a decisão será revelada antes de terminar a temporada de Fórmula 2, que terá a última corrida no Bahrein. O que significa que até 6 de dezembro será anunciado o nome escolhido.  

Mick Schumacher, Callum Illot e Robert Shwartzman são os candidatos a ocupar o desejado lugar num dos bólides. Os três pilotos estão a competir na Fórmula 2 com o filho de Michael Schumacher a ocupar o primeiro lugar da competição, seguido de Callum Illot. A escuderia italiana mantém uma ligação com a Alfa Romeo e a HaasKimi Raikkonen e Antonio Giovinazzi mantêm-se na primeira equipa na próxima temporada, sendo que a segunda já fez saber que Kevin Magnussen e Romain Grosjean não irão formar dupla em 2021.  

 

“Acho que não vamos esperar pela corrida final no Bahrein ou Abu Dhabi. Penso que é algo que iremos decidir nas próximas duas semanas. Como dissemos, não há lugar para todos. Acho que estão muito bem na Fórmula 2 e, de momento, estamos a considerar MickCallum e Robert. Têm uma temporada para acabar, estão focados na próxima corrida no Bahrein e estão a lutar pelo campeonato, o que é muito importante para eles”, começa por dizer Mattia Binotto. 

 

“O objectivo não é apenas colocá-los na Fórmula 1, mas trazê-los para a escuderia Ferrari, para os carros vermelhos, e qualquer que seja o caminho é o menos importante. Um desses pilotos estará na Fórmula 1 no próximo ano e os outros terão oportunidades. Isso é connosco. Precisamos de nos organizar e de lhes dar uma oportunidade”, conclui. Apesar de não existir uma confirmação oficial, Mick Schumacher é o piloto da Ferrari Driver Academy melhor posicionado para a desejada promoção. 

Sem comentários:

Publicar um comentário