18.11.20

combate a covid-19 com sexo em espaços abertos

Desde o início da pandemia de coronavírus que as pessoas tiveram de aprender a viver de forma diferente daquela que sempre pautou as suas vidas. E as alterações estendem-se a tudo, sendo que o sexo não é excepção. Ao longo dos últimos tempos surgiram as mais diversas indicações relacionadas com a vida sexual em tempos de pandemia. A última sugestão chega de Espanha.  

De acordo com a Agencia de Salud Pública de Barcelona (ASPB), o segredo está em ter relações sexuais em espaços abertos, espaçosos e bem ventilados. Isto é algo que os casais devem ter em mente na hora do sexo, de modo a evitar contrair a covid-19. Mas esta não é a única indicação. Existem outras, ainda mais seguras. 

 

Masturbação e ver pornografia são duas opções seguras 

 

Segundo a ASPB, existem outros momentos quentes que acabam por não ter risco de contrair o vírus do momento. Um deles é a masturbação. Ver pornografia e optar pelo sexting (troca de mensagens de cariz sexual) são outras opções. Fica ainda o alerta para que não beijes ou troques saliva “com pessoas que não vivem contigo”. 

  

O melhor mesmo, diz a agência, é “fazer sexo o menos possível, sobretudo com pessoas com quem não habitas”. Caso não sigas nenhuma destas indicações, uma das formas de diminuir o risco de contágio depois das relações sexuais passa por “tomar duche ou lavar as mãos com água e sabão, durante pelo menos 20 segundos, antes e depois do sexo”. 

Sem comentários:

Publicar um comentário