10.2.20

homens, nem imaginam o mal que o trabalho pode fazer à vossa vida sexual

Acho que não é preciso dizer que uma das piores coisas com que os homens podem lidar é a disfunção eréctil. E posso ir buscar dados de um estudo que revelam que 40% dos homens dizem que se sentem menos másculos ao lidar com este problema. Por isso, acho que vale a pena ler o que aí vem. Se fores homem, para abrires os olhos. Se fores mulher, para deixares o alerta aos que conheces.

Segundo um estudo recente, realizado pela Zava [uma empresa farmacêutica online], 22% dos homens diz que o problema da impotência sexual teve origem no stress, ansiedade e depressão. Olhando apenas para o stress, 20% dos homens refere que tem origem no trabalho. Ou seja, o trabalho faz com que não tenham relações sexuais. Mais grave é o facto de 22% dos homens, que fizeram parte de trabalho, assumir que a prioridade foi o trabalho/carreira e não a vida sexual.

É certo que o estudo foi realizado no Reino Unido, mas acho que dá para ter uma ideia e acredito que não será muito diferente nos restantes países. Entrando nos ordenados, o estudo refere que aqueles que têm salários anuais na ordem dos 82/93 mil euros são aqueles que lidam com o problema melhor. Acho que tudo isto é mais do que suficiente para que as pessoas percebam que às vezes têm as prioridades todas trocadas.

Por fim, partilho aquelas que a Zava diz serem as três formas de lidar com este problema. Existem os medicamentos, como o Viagra. Que nunca devem ser tomados só porque sim, mas com aconselhamento médico. A terapia da fala, caso estejamos perante um problema com origem emocional. E seguir um estilo de vida saudável, de modo a que o sangue circule perfeitamente em todo o corpo.

Sem comentários:

Publicar um comentário