13.12.19

detetive privada ensina a descobrir uma traição feminina

A desconfiança tem poder mais do que suficiente para destruir uma relação. Homens e mulheres passam a viver inundados em dúvidas e isso poderá ser fatal para o final do casamento ou namoro. Depois, entra a ciência em acção. Com um estudo a defender que as mulheres conseguem esconder melhor uma traição do que os homens. E agora, é a vez de uma detective privada vir a público revelar os quatro sinais de que elas estão a ter um caso extraconjugal.

Chama-se Daniela Martins, costuma trabalhar em São Paulo, no Brasil, e está habituada a lidar com traições. Em conversa com o site brasileiro Delas, a especialista garante que existem quatro mudanças de comportamento que deixam claro que ela está a viver um caso. Vamos a eles.

Vaidade repentina
Ela não tinha o hábito de se cuidar muito e agora está mais vaidosa do que nunca. Preocupa-se com a aparência, começou a treinar, mudou o visual e compra roupas novas. Segundo Daniela, é sinal de interesse noutras pessoas.

Sempre agarrada ao smartphone
Além de não largar o telemóvel, decidiu colocar um código de acesso no smartphone. Algo que nunca tinha feito. Além disso, esconde o aparelho do parceiro. É sinal de alerta para a detective. Que refere que privacidade e esconder informações são coisas completamente diferentes.

Mais tempo no trabalho
Nunca ficou mais tempo no trabalho e agora está sempre a fazer horas extra. Segundo Daniela, é sinal de que poderá existir uma terceira pessoa no trabalho. Ou que usa esse tempo para se encontrar com alguém.

Mudança repentina de comportamentos
Daniela defende que quando existe uma terceira pessoa na relação, verifica-se uma alteração de comportamentos. Passam a existir mais discussões entre o casal e existe um desinteresse pela outra pessoa.

Sem comentários:

Publicar um comentário