17.12.19

carol dias, do preconceito de burra a milionária

A história não é nova. Uma mulher que trabalha a mostrar o corpo dificilmente será levada a sério. Ainda por cima, se já tiver aparecido nua numa revista. Tudo isto aconteceu com Carol Dias. A modelo brasileira que foi uma panicat durante quatro anos. Foi no programa (que já acabou) Pânico na TV! que Carol Dias, hoje com 33 anos, ficou conhecida. A modelo exibia o corpo no programa e não tem qualquer arrependimento em relação ao que fez. Só que tudo ficou mais complicado quando decidiu mudar de área.

“Não tenho nada para reclamar sobre o Pânico e sou amiga do Emilio Surita [apresentador], de quem gosto muito. Mas quando entrei no programa não imaginava que iria passar por tantas coisas”, começa por contar, em entrevista ao site UOL. “As pessoas acham que por trabalhares de biquíni, ou como panicat, és burra. Não é por aí. Foi difícil”, acrescenta. E se o diz, melhor o demonstra.

É que hoje é uma especialista em finanças que ganha milhões. O que faz com que as pessoas mudem a imagem que tinham em relação a si. Algo que ganha força com os três milhões de reais (qualquer coisa como 659 mil euros) que já ganhou com o trabalho. Ao ponto de partilhar dicas sobre investimentos. Para que as pessoas não cometam erros que cometeu quando ganhou o primeiro milhão.

“Tinha uma conta num banco, mas não tinha conhecimentos sobre investimentos. Apliquei o dinheiro todo num só sítio, errado. Não diversifiquei. Com esse erro, perdi dinheiro. Depois transferi para outros fundos gratuitamente. Muitos brasileiros não sabem disso. Se der errado numa aplicação, a outra está ali para apoiar”, explica.

Agora, Carol Dias vai ter um programa no YouTube em que irá ensinar as pessoas a investirem a partir do zero. “Para alterar essa ideia de que não dá para investir com pouco dinheiro, vamos criar uma conta nova e mostrar os investimentos”, termina.






Sem comentários:

Publicar um comentário