17.12.19

diz que é nas festas das empresas que existem mais traições

Dezembro não é apenas o mês dos 12312123123 jantares de Natal de amigos. É também nesta altura que muitas empresas fazem festas, para assinalar o Natal com os colaboradores. E, de acordo com o Second Love, é também nestes eventos que existem mais traições. Esta é a conclusão de um estudo realizado pelo site especializado em pessoas que desejam ter um caso.

O trabalho, partilhado pelo site brasileiro Delas, contou com mais de dois milhões de utilizadores da América do Sul. Destes, 7 em cada 10 são da opinião que as referidas festas são ideais para que aconteça uma traição. Mais de 30% dos inquiridos assumiu ter tido relações sexuais com colegas depois de uma festa. Já 65% confessa que foi abordado para trair ou revelou a intenção de o fazer.

Segundo o site, este comportamento pode ser explicado com o ambiente informal das festas. Que acaba, defendem, por ser ideal para aliviar o stress acumulado ao longo de tantos meses. É salientado ainda o facto de muitas pessoas marcarem presença nestas festas sem a companhia dos parceiros.

Este estudo aborda ainda o Natal. 70% dos utilizadores não esconde que irá celebrar esta data com a pessoa com quem tem um caso. 36% pretende almoçar com o/a amante na véspera, enquanto 34% está a planear um encontro num hotel, ou local isolado, depois do jantar de Natal. É ainda referido que 4 em cada 10 pessoas vão oferecer um presente ao/à amante. Neste caso, as mulheres gastam mais dinheiro com amantes do que os homens. Elas chegam a gastar 90 euros num presente.

Sem comentários:

Publicar um comentário