1.10.19

e os óscares vão para... (rufar de tambores)... o irlandês

Começa a chegar aquela altura do ano que é bom para ir ao cinema devido à estreia de grandes filmes. Quer dizer, nos tempos que correm existem bons filmes que só estão disponíveis em serviços de streaming, como é o caso da Netflix. E como é o caso de O Irlandês, que já está a ser apontado como um dos fortes candidatos às famosas estatuetas douradas.

O Irlandês, filme da Netflix realizado por Martin Scorsese, fez a sua estreia na 57ª edição do Festival de Cinema de Nova Iorque, nos Estados Unidos da América. E a crítica não tem dúvidas de que o drama centrado na máfia e no desaparecimento de Jimmy Hoffa irá ser um forte candidato aos Óscares. Estima-se que o filme estará nomeado para os melhores e Scorsese para realizador. E não só.

Al Pacino, apontado como a grande estrela do filme, deverá ser candidato a Melhor Actor Secundário. Robert De Niro, o protagonista, deverá estar na corrida para Melhor Actor Secundário. Tal como Joe Pesci, que saiu da reforma por causa deste projecto. Só sei que estas críticas fazem com que fique ainda mais curioso em relação ao filme que só ficará disponível a 27 de Novembro na Netflix.

Não deixa de ser curioso que a Netflix esteja a receber muitos elogios por fazer aquilo que nenhum estúdio quis fazer. Este filme – projecto antigo de Scorsese, De Niro e Al Pacino – teve um financiamento de 146 milhões de euros. Que nunca foi assegurado por ninguém. Agora, é visto como forte candidato aos Óscares.

Sem comentários:

Publicar um comentário