3.10.19

soma e segue. agora, com ryan reynolds

Já participei em diversas conversas onde se tenta encontrar uma explicação para o funcionamento da Netflix. Isto no sentido do investimento vs lucro. A verdade é que a subscrição mensal deste serviço de streaming é barata. Por outro lado, comprar os direitos de Seinfeld custou quase 500 milhões de euros. O Irlandês representou um investimento de 146 milhões de euros. E Ryan Reynolds terá recebido 25 milhões de euros para entrar em 6 Underground. E estes são apenas três exemplos do investimento próprio.

Isto são apenas dúvidas. Porque na óptica do consumidor, quero é produtos de qualidade que nunca me levem a pensar no cancelamento da subscrição. E para isso contribui o forte investimento que a Netflix tem feito, chegando a investir muito mais do que os estúdios de cinema. Bem, voltando a Ryan Reynolds, este é o senhor que se segue. É a próxima grande aposta do serviço de streaming.

A Netflix acaba de revelar o primeiro trailer de 6 Underground, filme original que será protagonizado pelo actor e que tem estreia marcada para Dezembro. “Qual é a melhor parte de estar morto? Não é escapar ao teu patrão, à tua ex, ou até apagar o teu registo criminal. A melhor parte de estar morto… é a liberdade. A liberdade de lutar a injustiça e o mal do nosso mundo sem que nada nem ninguém te parem ou te digam 'não'”, é o que se pode ler na sinopse.




Com realização do afamado Micheal Bay, 6 Underground dá a conhecer um novo tipo de herói de acção. Contando as histórias de seis personagens de diversos cantos do mundo. Cada qual o melhor naquilo que faz. Estes foram escolhidos não só pela competência como pelo desejo de apagar o passado para mudar o futuro. O líder desta equipa é interpretado por Ryan Reynolds.

Com argumento de Paul Wernick e Rhett Reese, o elenco de 6 Underground conta ainda com Mélanie Laurent, Corey Hawkins, Adria Arjona, Manuel Garcia-Rulfo, Ben Hardy Lior Raz, Payman Maadi e Dave Franco.

Sem comentários:

Publicar um comentário