11.10.19

da promiscuidade e censura até uma nova vida

Em 1985 os Queen não viviam uma das melhores fases. Foi nesse ano que Freddie Mercury, o carismático líder da banda decidiu aventurar-se a solo. Mr. Bad Guy foi o nome escolhido para o álbum de estreia do cantor. E Living On My Own era um dos temas fortes do disco. Esta canção contava com um vídeo bastante arrojado para a altura. Tanto que foi proibido e censurado devido à promiscuidade presente no mesmo.

O videoclip foi gravado no Old Mrs. Henderson’s, tendo sido descrito pela Ultimate Classic Rock como “uma discoteca de travestis em Munique”, na Alemanha. O vídeo de Living On My Own destaca-se por conter imagens da festa do 39º aniversário do cantor. Que contou com 300 convidados, entre os quais Brian May, guitarrista dos Queen, Mary Austin, ex-mulher de Freddie Mercury e ainda Boy George. Aqueles que marcaram presença na festa foram convidados a aparecer vestidos de drag queen, dando destaque às cores preto e branco. Na altura, Walter Yetnikoff, presidente da CBS Records, cancelou o lançamento do vídeo e proibiu o mesmo, alegando que existia muita promiscuidade.

Já vi alguns documentários sobre Freddie Mercury e recordo-me de diversas coisas sobre este vídeo. A começar pelo facto de ter usado câmaras que nem os estúdios de Hollywood utilizavam. Além disso, quem lá esteve, diz que foi mesmo uma festa muito louca. Em que se via TUDO, mesmo TUDO. Aliás, existem rumores de que poderá ter sido nesta festa que Freddie Mercury contraiu a doença que viria a roubar-lhe a vida.




Voltando ao videoclip, foi necessário esperar até 1993, já depois da morte de Freddie Mercury, para ver o vídeo, que se manteve sempre proibido. Nessa época, um remix dos No More Brothers fez com que o vídeo ganhasse vida. Agora, o vídeo de Living On My Own volta a ser lançado, desta vez em HD. O mesmo faz parte da caixa Never Boring, que chega ao mercado hoje, 11 de Outubro.

Além do vídeo, a caixa conta ainda com edições especiais dos álbuns Mr. Bad Guy e Barcelona (1988). A isto juntam-se 12 músicas gravadas ao vivo. Ao todo são três CDs, um disco Blu-ray e DVD com 13 vídeos e actuações ao vivo. Bem como um livro de fotografias de 120 páginas. Neste poderá encontrar imagens e frases inéditas de Freddie Mercury.

Sem comentários:

Publicar um comentário