24.10.19

robert pattinson: “não paro de me masturbar”

Longe vão os tempos em que Robert Pattinson era o famoso vampiro Edward Cullen. Foi em 2008 que Crepúsculo chegou às salas de cinema, mas nos últimos tempos a carreira do actor britânico, hoje com 33 anos, mudou muito e os filmes em que entra nada têm a ver com a saga dos vampiros.

Foi numa conversa com a Variety que o futuro Batman falou sobre a carreira. Mais especificamente sobre The Lighthouse, um dos seus filmes mais recentes. Nesta longa-metragem acontece algo que começa a ser comum na carreira do actor. É que se há quem faça sempre de vilão ou de galã, Pattinson começa a passar muito tempo a... masturbar-se. “Não paro de me masturbar. Nos últimos três filmes, tenho uma cena de masturbação”, diz. Falando depois detalhadamente sobre a cena filmada em The Lighthouse. “No meu primeiro dia de filmagens, tive que fazer uma cena feroz de masturbação. Eu podia ver Robert Eggers [realizador] um pouco em estado de 'choque'. Mas pensei: 'Ok, óptimo, eles não me disseram para parar, então vou continuar nesta direcção.'”, refere.

Neste filme, o personagem interpretado pelo actor recorre à masturbação depois de se deparar com uma estátua de barro em forma de sereia. “Quando vi a figura de barro, pensei que, se isso te excita, estás num momento estranho da tua vida”, diz. A verdade é que este é já o quarto filme que que Robert Pattinson tem de filmar cenas deste género. O actor já o tinha feito em High Life (2018), O Herói, o Vilão e a Donzela (2018), The Devil All the Time (que só irá estrear em 2020).

“Eu não reparei nessa ligação até este quarto filme”, explica o futuro Batman. Que provavelmente verá esta sequência de cariz sexual interrompida quando der vida ao herói da DC Comics. Ou então teremos uma estreia para Bruce Wayne e para o homem-morcego.

Sem comentários:

Publicar um comentário