25.10.19

queres fazer sexo diariamente? a solução tem um nome: agricultor

Gosto de estudos. E existem estudos para todos os gostos. Se bem que este de que vou falar não deveria ser do meu agrado. Até porque não é nada simpático para as pessoas que têm a mesma profissão do que eu. Mas em forma de desculpa, posso sempre dizer que este trabalho só contou com pessoas do Reino Unido. E só agora me apercebi de que já lá vai um parágrafo e ainda não falei do tema. Vamos lá então...

A Lelo, uma marca de brinquedos para adultos, quis descobrir qual a profissão em que o sexo é mais frequente. Para isso realizou um estudo com 2000 pessoas, de ambos os sexos, todas do Reino Unido. E o primeiro lugar é ocupado por... rufar de tambores... agricultores. 33% dos agricultores revelou que tem relações sexuais pelo menos uma vez por dia. E se há coisa que também não lhes falta, é um ego bem elevado. Isto porque 67% assume ser um parceiro incrível.

Estes dados, que podem surpreender algumas pessoas, não são uma novidade para Kate Moyle, uma sexóloga que comentou o estudo ao Mirror. A especialista salienta que estamos perante uma profissão que se destaca pelo trabalho intenso e dureza. “O nível de actividade física de um agricultor é muito maior do que o de alguém que passa o dia no escritório”, explica a sexóloga.

Quanto ao segundo lugar, foi entregue aos arquitectos, com 21% a garantir ter relações sexuais pelo menos uma vez por dia. O pódio fecha com os cabeleireiros, com 17%. Na cauda lista estão os advogados. 27% assume mesmo que chegam a fingir orgasmos. Já o último lugar é ocupado pelos jornalistas. 20% assume só ter uma relação sexual por mês. “O estilo de vida que as profissões criam, como é o caso da flexibilidade de horários, trabalhar mais horas que o normal ou até o ambiente de trabalho têm um grande impacto nas nossas vidas, especialmente na parte sexual”, conclui Kate Moyle.

Sem comentários:

Publicar um comentário