23.1.20

bradley cooper chega à netflix e só falta saber se irá correr bem

Bradley Cooper é a próxima estrela de Hollywood a chegar ao streaming, neste caso específico à Netflix. Mas a história tem alguns contornos especiais. Primeiro, há que dizer que o actor é o protagonista, produtor e autor do argumento do drama biográfico sobre Leonard Bernstein. Apesar do mediatismo do nome, existe a possibilidade de estares a questionar quem é esta pessoa.

Pois bem, é “apenas” um famoso maestro e compositor norte-americano. Aliás, foi mesmo o primeiro a ter reconhecimento mundial e é o autor, entre muitas outras obras, de West Side Story. Não tens de te sentir mal caso não tenhas reconhecido o nome. É que isso é muito comum e é um dos receios do projecto. Mas já lá vamos.

Este filme começou por ser produzido pela Paramount. E conta com uma lista de produtores onde aparecem nomes como Martin Scorsese, Steven Spielberg e Todd Phillips. Ainda assim, existe o receio de que o filme não seja um sucesso. Porque, lá está, há o medo de que a geração mais nova fique indiferente ao nome do homem que morreu em 1990. Além disso, neste ano (quando o filme irá estrear), estreia também o remake de West Side Story, de Steven Spielberg.

Ainda assim, a Netflix não teve problemas em avançar para a compra do filme. Algo que a crítica defende ser uma boa aposta. Pois assim não existe a pressão da bilheteira. Por outro lado, o serviço de streaming acredita ter em mãos uma longa-metragem ao nível de O Irlandês, Marriage Story ou The Two Popoes, filmes com nomeações para os Óscares.

Quanto à trama, Bradley Cooper fará de Leonard Bernstein, estando a história centrada no casamento que manteve com Felicia Montealegre, com quem teve três filhos. A mulher esteve sempre a par do relacionamentos homossexuais que o maestro e compositor manteve antes, durante e depois do casamento. Sendo que voltou para a mulher quando esta lutava contra um cancro, que acabaria por lhe roubar a vida. Cooper, que partilha a autoria do argumento com Josh Singer (O Caso Spotlight), tem estado a trabalhar com Jamie, Alexander e Nina, os três filhos do casal, ao longo dos últimos dois anos. Acredito que vem aí um bom filme.

Sem comentários:

Publicar um comentário