24.9.19

8 comportamentos que ajudam a perceber se és viciado em sexo

Durante muito tempo debateu-se este tema. Sendo que as conclusões eram bastante diversificadas. Se muitos achavam que sim, outros tantos defendiam que não. No presente, as coisas tendem a ser diferentes. E boa parte dos médicos não tem dúvidas de que o vício em sexo é uma realidade. Mais, é uma condição que deve ser tratada porque pode dar origem a muitos problemas.

Recentemente realizou-se, na Suécia, um estudo que pretendia descobrir a origem do vício em sexo. E os investigadores acreditam que a culpa está no excesso de ocitocina. Que é conhecida como a hormona do amor. Como muitas pessoas serão incapazes de assumir que são viciadas em sexo (não confundir com gostar muito mas não ao ponto de ter problemas), partilho aqueles que são considerados 8 comportamentos comuns às pessoas viciadas em sexo. E que podem ajudar a compreender se passa o mesmo contigo ou com alguém que conheces.

1 – Tens fantasias sexuais intensas e recorrentes
De acordo com especialistas, as fantasias sexuais recorrentes e intensas ocupam muito do tempo daqueles que são viciados em sexo.

2 – Problemas nas relações
Relacionamentos saudáveis são complicados para os viciados em sexo. Que chegam a manter relações com diversas pessoas, incluindo estranhos, ao mesmo tempo.

3 – Hábitos sexuais associados a problemas ou riscos
Casos extra-conjugais, sexo desprotegido e muito dinheiro gasto em pornografia são apenas três exemplos de comportamentos comuns aos viciados em sexo. Existem casos de quem se envolva em actividades ilegais.

4 – Masturbação compulsiva
É impossível quantificar a quantidade de masturbação que é considerada exagerada. Ainda assim, quando interfere com as rotinas diárias é porque algo não está bem.

5 – Incapacidade para controlares os comportamentos
Os constantes desejos e fantasias podem mesmo levar um viciado em sexo a acreditar que não tem qualquer controlo sobre essa situação. Estas pessoas têm a noção de que estão a lidar com comportamentos incontroláveis, mesmo estando conscientes dos riscos médicos, financeiros e sociais que correm.

6 – O sexo é um escape para outros problemas
Stress, depressão, ansiedade e solidão são alguns exemplos de situações das quais os viciados em sexo tendem a fugir com recurso ao sexo.

7 – Secretismo e mentiras compulsivas
Uma característica comum aos viciados em sexo passa pelo secretismo em relação à sua condição. E à facilidade com que se mente a todos, ocultando o vício em sexo dos parceiros, familiares e amigos.

8 – Ficas com a tensão aliviada depois do sexo
Após praticar determinados comportamentos sexuais segue-se um alívio da tensão e também algum remorso.

Sem comentários:

Publicar um comentário