31.7.17

uma data que todos devem celebrar hoje

Graças a uma cadeia de sex shops britânicas, celebra-se hoje o Dia Mundial do Orgasmo (que curiosamente casa com o dia que Quim Barreiros considera ser o melhor para casar). Brincadeiras à parte, este é um daqueles dias que deveria ser celebrado por todos. E não apenas hoje. Mas com frequência. Neste dia recupero alguns dados relativos ao sexo. Dados que foram apresentados após um estudo do Instituto Superior de Psicologia Aplicada.

De acordo com este estudo, 22,7% das mulheres atinge sempre o orgasmo. Por sua vez, 42,8% diz ter orgasmos quase sempre. Já 17,4% diz que apenas o consegue em algumas vezes. E só 3,6% das mulheres, que fizeram parte deste estudo, diz nunca ter orgasmos. Estes números não podem ser afastados de outros, que dizem respeito à relação sexual. Para 16,5% das mulheres o orgasmo é atingido no coito vaginal. 14% na masturbação ou no sexo oral, mas nunca no coito vaginal. 11,8% só atinge orgasmo na masturbação e 5,5% somente no sexo oral.

Existe ainda um dado extremamente importante. MAIS DE METADE das mulheres - com relacionamentos estáveis - assume que gostaria que o parceiro a estimulasse mais e melhor a nível sexual. Estes números correspondem com uma realidade que muitas pessoas ainda ignoram. A começar pelo facto de os homens estarem mais interessados em receber estímulos do que em proporcionar os mesmos.

Muitas pessoas pensam que as mulheres apenas atingem orgasmo no coito vaginal. Estes números (que coincidem com muitos outros estudos) mostram que a realidade está longe de ser assim. Falar sobre isto é meio caminho andado para que os casais consigam estar perto da "sintonia perfeita" a nível sexual.

Sem comentários:

Publicar um comentário