19.5.16

o motivo pelo qual as princesas não passam de moda

Existem coisas que não passam de moda com o avançar dos anos. E uma destas coisas é o encanto existente em torno das princesas. Não daquelas das histórias da Disney que nos são contadas há gerações mas as de carne e osso. Aquelas que fazem parte das famílias reais mundiais. Ainda mais quando se trata de princesa do povo. Aquelas mulheres reais (no sentido que são iguais a tantas outras que não nasceram no seio de uma família real) que vivem o seu conto de fadas casando com o príncipe encantado.

Acredito que estas mulheres têm um encanto que nunca passa de moda. E tudo aquilo que fazem tem um impacto forte junto do povo, em especial junto das mulheres que sonham um dia viver algo semelhante ou que procuram semelhanças com determinada pessoa. Por exemplo, quando uma figura pública usa determinada peça de roupa é comum que passe a ser objecto de procura nas lojas. Mas entendo que este fenómeno é muito superior quando se trata de uma princesa. Ainda mais quando é modesta e compra roupa na Zara.

As pessoas estão à espera que a roupa seja de marcas inacessíveis monetariamente. Que seja tudo muito caro. Até ao momento que sabem, por exemplo, que Kate Middleton (mulher do príncipe William que não sendo princesa – é duquesa – enquadra-se neste assunto) compra roupa na Zara. Como aconteceu com um casaco vermelho que custa 63 euros e que esgotou em 48 horas. Neste caso é curioso que o mesmo cobrisse um vestido Dolce & Gabanna de seis mil euros. Assim que surgiram fotos do evento onde Kate estava, o casaco começou a desaparecer.

Aquilo que explica este fenómeno será a proximidade com a vida da maioria das pessoas. A dose de realidade que confere a uma pessoa que tem uma vida com que muitas pessoas apenas sonham. É certo que existirá quem não possa gastar 63 euros num casaco mas haverá muito mais gente que não pode gastar seis mil euros num vestido. E qualquer pessoa sentirá mais proximidade da mulher do príncipe que vai comprar roupa às lojas do “povo” do que daquela que apenas veste roupas caras. Tal como apreciam que repitam roupa em eventos, para dar outro exemplo.

Passa aquela imagem de que determinada pessoa é “uma de nós”. Acredito também que muitas destas coisas não são inocentes. Acredito que é um claro objectivo das casas reais de modo a passar a mensagem que se preocupam com o povo no sentido de não passarem a vida a ostentar riqueza numa altura em que as pessoas estão constantemente a reduzir o orçamento. E ainda bem que assim é. E misturando tudo isto, é por isto que as princesas não passam de moda, mesmo em países como o nosso em que a monarquia não está tão vincada mas onde as famílias reais fazem um sucesso que muitas pessoas desconhecem.

Sem comentários:

Publicar um comentário