31.8.16

há por aí alguma alma puritana? então aproxima-te sff

Para começar nada melhor do que um anúncio. Que envolve uma mulher, lingerie e sensualidade: os ingredientes de qualquer publicidade do género.



Como comecei por dizer, este anúncio tinha tudo para ser apenas mais um que envolve lingerie. Com maior ou menos criatividade, as publicidades que estão ligadas a este tipo de produto envolvem mulheres e sensualidade. É a receita indicada para vender lingerie. Acho que cria o efeito de que qualquer mulher fica mais sensual com aquelas peças. E isso mexe com elas e com eles. Elas gostam e compras. Eles gostam e oferecem. Independentemente disto e de outros efeitos, a publicidade a lingerie vive da sensualidade feminina.

E acho que isto era o mais normal. Até que descubro que existiram muitas queixas em relação a esta publicidade em concreto. Que acabou por ser banida. Ao que parece existem pessoas que descrevem este vídeo como "pornografia amadora" e como "vulgar". As queixas foram tantas que acabou por ser decidido que não deveria passar em centros comerciais. Algo que revoltou a mulher que protagoniza a campanha, uma jovem modelo australiana, de 22 anos, que defende ser uma mulher com um corpo saudável que está a promover um produto destinado a mulheres.

A crítica do vulgar ainda compreendo. Não percebo mas compreendo. Acho que muitas pessoas, talvez paradas no tempo, olham para este tipo de anúncios como uma espécie de atentado à mulher que se quer pura e imaculada. Mas a verdade é que os centros comerciais, as ruas, as revistas e mesmo as televisões estão cheias de conteúdos, no mínimo, iguais a estes. É algo normal. E digo isto porque não espero que uma marca tente vender lingerie com uma mulher tapada até às orelhas. Se assim for ninguém irá comprar as peças. Mesmo tendo em conta tudo isto ainda aceito a crítica da vulgaridade.

Aquilo que não consigo mesmo aceitar é que alguém olhe para este anúncio como pornografia amadora. Isso é mau demais. Especialmente para quem pensa desse modo e realmente acredita nisso. Ver pornografia amadora numa mulher de lingerie é assustador. Faz-me recordar aquele homem que é surpreendido pela namorada, que comprou uma lingerie sensual, dizendo-lhe para se vestir que parece uma puta (história verídica). Qualquer dia uma mulher pura só pode vestir um burquini e as famosas cuequinhas "saco do pão". Só isso é que será aceitável.

Sem comentários:

Publicar um comentário