12.6.18

comprar ou não, eis a questão

O Porto teve o Verão quente de 1980. O Benfica teve o seu em 1993. E o Sporting está a ter este ano. Não tenho presentes os acontecimentos de 1980 pois nem era nascido. Mas recordo-me muito bem do que aconteceu em 1993.

Nesse ano, Paulo Sousa e Pacheco alegaram justa causa para rescindir com o Benfica, que atravessava uma grave crise financeira, e assinar pelo Sporting. Paulo Sousa chegou mesmo a estar escondido numa casa de um sportinguista.

João Vieira Pinto foi escondido numa casa em Espanha e só Valentim Loureiro impediu que rumasse aos leões. Rui Costa foi também aliciado a mudar-de para o outro lado da Segunda Circular.

Sousa Cintra, presidente do Sporting naquela altura, disse que os jogadores estavam disponíveis e que não fez mais do que a sua obrigação em contrata-los.

Como tenho isto bem presente na memória, acabo a rir quando leio a opinião de pessoas que acusam o Benfica de não ter valores caso contrate algum jogador ao eterno rival sem ter que depositar dinheiro na conta do Sporting.

Acho muito bem que o Benfica contrate algum jogador, caso exista essa possibilidade. Não minto que gostava de contar com Bruno Fernandes e Gelson, especialmente o primeiro. Trata-se de um dos melhores jogadores do campeonato e casa muito bem com o esquema tactico do Benfica.

E os sportinguistas que possam acusar o Benfica (e todos os clubes que contratem os jogadores livres) de falta de valores são aqueles que preferem continuar a ignorar o elefante no meio da sala. Porque é em casa que têm problemas graves e falta de valores.

Sem comentários:

Publicar um comentário