18.9.18

a cristina ferreira errou (e o mundo não acaba por isso)

Ponto prévio. Gosto de Cristina Ferreira enquanto profissional e pessoa que cresceu a pulso, conquistando o seu espaço. Já ouvi dizer que trabalha como ninguém e que merece tudo o que tem. Também já ouvi dizer que não é fácil trabalhar com ela. Estas duas faces são comuns em alguém com um percurso e mediatismo como o seu. Resumindo, é uma excelente profissional que terá pela frente a sua prova de fogo. Brilhar longe do talento de Manuel Luís Goucha.

Posto isto, vou à entrevista de ontem. Estava curioso para perceber quais seriam as primeiras palavras de Cristina Ferreira enquanto nova estrela da SIC e como a figura em que todos parecem depositar esperança de um futuro risonho, leia-se, com boas audiências. E a conversa não fugiu aquilo que esperava. Boas frases, postura correcta e alguns lugares comuns, já usados na sua revista. Houve também momentos que achei desnecessários por não acrescentarem nada à conversa e servirem apenas para engrandecer algo que por si só já tem uma dimensão considerável.

Até que Cristina Ferreira errou. Num erro que não consigo aceitar. A determinado momento, e referindo que era um exemplo dado por uma amiga, a apresentadora comparou a reacção à sua transferência de canal - que não é mais do que isso mesmo, apesar de em Portugal ainda se fazer destas mudanças um bicho de sete cabeças - com a morte da Princesa Diana. "As pessoas não estavam preparadas", disse. E isto é muito mau!

Começa por ser mau porque compara a reacção a uma mudança profissional aquilo que se sente com a morte de uma pessoa. E isto é mau, seja a Princesa Diana ou o Zé Manel do bairro lá ao lado. Mas é ainda pior quando a comparação é feita com uma das pessoas mais marcantes e influentes dos últimos anos. Uma mulher que mudou a realeza britânica e a forma como se olha para o mundo dos príncipes e princesas. E isto foi um gigantesco tiro nos pés.

Se este erro define Cristina Ferreira? Não! Se este erro é perdoável porque se trata de Cristina Ferreira? Não! É de extremo mau gosto vindo dela como seria vindo de qualquer homem (porque já li que não se perdoa por ser mulher. E isto é gozar com as mulheres). Cristina Ferreira continua a ser uma excelente profissional. Não sai beliscada por causa deste momento. Mas também não vamos fingir que tudo se perdoa porque são figuras públicas. Errou, mas o mundo continua igual ao que era ontem. Nada mais do que isso.

Sem comentários:

Publicar um comentário