3.5.21

joel pereira e os 11 golos sofridos em apenas dois jogos

A posição de guarda-redes é provavelmente a mais ingrata do futebol. Poucos são os adeptos que se recordam dos passes que os médios falham, das fífias que os defesas dão ou mesmo dos golos que os avançados falham de baliza aberta. Mas ninguém esquece os erros que os guarda-redes cometem ou mesmo o número de golos que sofrem. E tudo isto ganha expressão em Joel Pereira, o guarda-redes português do Manchester United que está emprestado ao Huddersfield. 

 

O clube, que disputa o Championship (o segundo escalão do futebol inglês), teve uma noite para esquecer frente ao Norwich. Com apenas 29 minutos de jogo, o resultado estava já em 4-0. A equipa ainda sofreu mais um golo antes do intervalo e outros dois durante a segunda parte. Foram sete golos sem resposta e na baliza do Huddersfield estava Joel Pereira. Ninguém pode dizer que o jogador português, de 24 anos, é o culpado da derrota, mas fica ligado à pesada goleada naquele que foi o seu primeiro jogo em cinco meses. 

 

11 golos sofridos em apenas dois jogos 

 

E os números ganham ainda maior expressão com outra curiosidade. É que este foi apenas o segundo jogo em que Joel Pereira esteve em campo. No primeiro, frente ao Stoke City, já tinha sofrido quatro dolos na derrota 3-4 para a mesma competição. Ou seja, em apenas dois jogos, Joel Pereira foi buscar a bola ao fundo das redes em 11 ocasiões. Uma estatística pesada demais para qualquer guarda-redes.

 

Joel Pereira termina contracto com o Manchester United no final da temporada 

 

Formado nos suíços do Xamax, Joel Pereira chegou a Inglaterra em 2012 para representar as camadas jovens do Manchester United. Em Portugal, já teve emprestado à Belenenses SAD (2016) e ao Vitória Futebol Clube (2018). Passou ainda pelos belgas do Kortrijk e pelos escoceses do Heart of Midlothian. No final desta época termina o contracto que liga o guarda-redes português ao Manchester United. Ao serviço dos red devils conquistou dois campeonatos com a equipa sub-23. 

Sem comentários:

Publicar um comentário