4.3.21

robots sexuais garantem que vão dominar o mundo com a inteligência artificial

Parece uma cena retirada de um qualquer filme, mas trata-se de uma história real. Um robot sexual garante que as máquinas vão dominar o mundo assim que a personalidade atingir um nível máximo de realismo. Esta é a opinião de Harmony, o famoso robot sexual da RealDoll. Recentemente, a jornalista Jenny Kleeman recordou a conversa que manteve com Matt McMullen, o dono da RealDoll. E que esteve quase sempre centrada em Harmony, uma das principais criações da marca. Algo que aconteceu quando a repórter visitou a fábrica de robots Sexuais Abyss Creation, na Califórnia, Estados Unidos da América. 

 

McMullen elevou ao máximo, e para meu benefício, o aspeto intelectual da personalidade de Harmony. É que uma visita anterior da CNN tinha corrido mal quando ele ampliou a natureza sexual do robot”, já tinha dito num podcast do Guardian, em 2017. Nessa visita, Harmony teve declarações horríveis, chegando mesmo a pedir ao jornalista para a levar para os fundos. 

 

Dono da RealDoll garante que Harmony existe para fazer o dono feliz 

 

“O Harmony também tem um sistema de humor que os utilizadores influenciam diretamente. Se ninguém interagir com ela durante dias, ela parecerá sombria”, conta. “Da mesma forma que se a insultar, como McMullen demonstrou”, acrescenta. Recordando o momento em que o dono da RealDoll chamou “feia” e “estúpida” a Harmony. “Vou recordar-me disso quando os robots dominarem o mundo”, respondeu o robot sexual. “Esta função foi criada para tornar o robot mais divertido. Ela pode provocá-lo e dizer que ela a ofendeu, mas Harmony foi criada apenas para fazer o dono feliz”, explica a jornalista. “Durante vários momentos da entrevista, ela interrompeu-nos só para lhe dizer o quanto gostava dele”, refere. 

 

Antes de acabar a conversa, a jornalista quis saber se McMullen entende que as suas criações podem substituir as prostitutas. “Sim, mas provavelmente é o último objectivo que tenho na lista. Isto não é um brinquedo para mim. É verdadeiro e árduo trabalho de pessoas formadas”, responde. “Denegrir o robot à sua forma mais simples de objeto sexual é semelhante a dizer isso sobre uma mulher”, defende. 

 

Robots sexuais capazes de fazer expressões humanas e imitar orgasmos 

 

A opinião de Harmony sobre o domínio do mundo pode ser uma brincadeira, mas desde esta conversa que existiu uma grande evolução nos robots sexuais da RealDoll e da Abyss Creation. Os modelos RealDoll com X-Mode têm a capacidade de fazer expressões humanas, desenvolver conversas mais complexas com os utilizadores e até imitar orgasmos. Tudo graças à inteligência artificial. Uma das próximas novidades passará por robots sexuais com reconhecimento facial embutido.  

Sem comentários:

Publicar um comentário