4.6.20

esta é a maior tristeza de michael jordan nos chicago bulls

Passaram 22 anos, mas ainda é um tema que emociona Michael Jordan. E estou a falar do momento em que os dirigentes dos Chicago Bulls decidiram acabar com a equipa que tinha conquistado o tricampeonato da NBA, em 1998. A lenda do basquetebol diz mesmo que não teria anunciado a reforma – a segunda de três - caso o plantel tivesse sido mantido para tentar alcançar aquele que seria o sétimo campeonato para a equipa.

"Foi de loucos. Porque sentia que dava para ser hepta. Acredito mesmo nisso. Poderíamos não ter conseguido, mas não ter podido tentar é algo que não consigo aceitar. Não engulo isso", diz Michael Jordan no último episódio do documentário The Last Dance, disponível na Netflix. "Se perguntasse a todos os que foram campeões em 98, se eles aceitariam um contrato de um ano para tentar o hepta, acho que eles aceitariam. Eu diria que sim também. Os meus contratos eram anuais naquela época. Pippen também não abriria mão", acrescenta.

"Não ter podido tentar é algo que não consigo aceitar"


Foi no documentário que Michael Jordan ouviu, pela primeira vez segundo o próprio, uma explicação de Jerry Reinsdorf, dono dos Chicago Bulls, para desmantelar a equipa. O dirigente defende-se, dizendo que "teria sido um suicídio" manter o plantel com os jogadores já consagrados, com um valor de mercado demasiado alto. Além da reforma de Michael Jordan, Scottie Pippen foi negociado com os Houston Rockects. Dennis Rodman foi dispensado e Steve Kerr envolvido numa troca com os San Antonio Spurs.



Jerry Reinsdorf, que aos 84 anos ainda se mantém na mesma função, conta ainda que o treinador Phil Jackson não quis permanecer nos Chicago Bulls por saber que teria de reformular a equipa. Ainda assim, no documentário Phil Jackson refere que não iria permanecer na equipa, mesmo se conquistasse o sexto campeonato. Os jogadores também sabiam disto pois Jerry Krause, dirigente da equipa, já tinha revelado publicamente a saída do treinador.

Sem Phil Jackson, Michael Jordan, Scottie Pippen, Dennis Rodman e Steve Kerr, os Chicago Bulls tiveram uma época desastrosa. O aproveitamento foi apenas de 26%, levando a equipa a acabar a época 1998/99 na 15ª e última posição da Conferência Leste. Esta foi a terceira pior época geral da história da NBA.

Sem comentários:

Publicar um comentário