21.6.20

diz que 365 days arrasa o erotismo de as cinquenta sombras de grey

Muitos são aqueles que ficaram rendidos à trilogia As Cinquenta Sombras de Grey. Se este é o teu caso, é bem provável que venhas a gostar de 365 Days, a nova aposta da Netflix. Até porque o filme polaco, que vai buscar inspiração ao livro de Blanka Lipinska com o mesmo nome, promete mais erotismo do que os filmes protagonizados por Dakota Johnson.

A obra, que rapidamente se transformou num sucesso de vendas, conta a história de Laura, uma jovem mulher que é raptada por Massimo, um líder da máfia italiana. A protagonista feminina é directora de vendas de um luxuoso hotel situado em Varsóvia, Polónia. Por sua vez, o protagonista masculino assume-se como líder da máfia depois da morte do pai.

Laura, protagonizada por Anna Maria Sieklucka, tem uma carreira de sucesso, mas sente falta de paixão na sua vida. Num último esforço para salvar a relação, organiza uma viagem à Sicília, Itália, na companhia do namorado e de alguns amigos. É aí que acaba por ser raptada por Massimo (Michele Morrone) que irá recorrer a métodos eróticos para fazer com que Laura se apaixone por si. Algo que acredita irá acontecer em 365 dias.

Barbara Bialowas e Tomasz Mandes são os realizadores do filme. Como seria de esperar, têm sido feitas muitas comparações com As Cinquenta Sombras de Grey, histórias criadas por E.L. James. Ainda assim, estão prometidas mais cenas eróticas na produção polaca, que já está disponível no catálogo da Netflix. Existe ainda outro detalhe que une os dois filmes. 365 Days já estreou em diversos países e as opiniões dividem-se entre os elogios dos fãs e as críticas ferozes. Tal como tinha acontecido com As Cinquenta Sombras de Grey.

Sem comentários:

Publicar um comentário