7.11.19

será que vem aí mais um joker?

Ninguém tem dúvidas de que Joker é um dos grandes filmes do ano. Tudo indica que será o mais rentável de sempre (no que a filmes R-rated diz respeito) e só falta saber o que acontecerá nos Óscares. Por outro lado, e antes disto tudo ser mais do que um sonho escondido, Todd Phillips deixou claro que se tratava de um filme único. Que não seria feito mais nenhum. Mas será mesmo assim? Ou o sucesso levará a uma nova história? Se depender de Joaquin Phoenix, pode vir a existir um novo projecto.

Algo que o actor deixou em aberto durante uma conversa com o The Envelope, do Los Angeles Times. A quem contou que nem estava muito interessado em abraçar um personagem que vem dos livros de banda-desenhada. “O receio passava por ficar preso a algo que farias repetidamente sem interesse, sem motivação ou excitação”, explica. “Parte da atracção para mim era a ausência de expectativa. Não assinei um contrato para fazer mais. Foi uma experiência única”, acrescenta.




Independentemente disto, Joaquin Phoenix assume que falou com o realizador sobre uma eventual continuidade. “Muito antes do lançamento ou antes de termos a ideia de que seria bem sucedido, falámos sobre sequelas. Na segunda ou terceira semana de filmagens disse: 'Todd, podes começar a trabalhar numa sequela? Há muito para explorar'. Mas foi uma espécie de brincadeira”, revela. E mesmo Todd Phillips parece já não estar tão rígido em relação à ideia de fazer um único filme.

O realizador já referiu que uma sequela de Joker só faz sentido caso exista a possibilidade de contar outra história legítima que faça parte do universo complexo do personagem. “Apenas conversámos sobre o facto de que, se alguma vez fizermos uma sequela – e não estou a dizer que o faremos, porque neste momento não estamos a fazer – não poderia ser apenas um filme selvagem e louco sobre o 'Palhaço Príncipe do Crime', isso não interessa”, explica Joaquin Phoenix. “Teria de ter uma ressonância temática numa maneira semelhante ao que aconteceu com este”, conclui. Muito sinceramente, acredito que é quase impossível resistir à continuidade de um projecto de tanto sucesso.

Sem comentários:

Publicar um comentário