20.11.19

portugal é dos países mais sedentários do mundo e estas 7 dicas acabam com isso

É com enorme tristeza que digo que Portugal está entre os 11 países mais sedentários do mundo. Segundo o Relatório Anual do Programa Nacional para a Promoção da Actividade Física, da Direcção Geral de Saúde, apenas 5% dos portugueses pratica desporto de forma regular. Algo que é mesmo muito preocupante. E que nos deve deixar a todos a pensar. Especialmente pelos perigos que isto representa para a saúde de todos nós. Por isso, se estás dentro desta estatística, lê o que se segue e vamos lá mudar de vida.

1 – Não precisas treinar todos os dias
Se não praticas desporto há muito, não tem de passar a treinar sete vezes por semana num estalar de dedos. Começa por ir duas vezes por semana ao ginásio. Com o passar do tempo aumentas o número de treinos semanais. Será algo gradual.

2 – Não tens de passar horas a treinar
Se não treinas há muito, tens de habituar o corpo para o que aí vem. E este terá que se ajustar à nova realidade. Opta por treinos mais curtos e com cargas leves. Foca-te em fazer os movimentos correctamente. No futuro, treinas mais tempo e com mais carga.

3 – Cuidado com as pessoas que te inspiram
As redes sociais estão cheias de pessoas que nos inspiram a treinar. O que é bom. Mas tem cuidado e não queiras imitar tudo o que vês. Lá porque uma pessoa faz algo, não tens de fazer também. Lembra-te que a vossa forma física é diferente. Não queiras tudo de uma vez.

4 – Mais não é necessariamente melhor
Se fosse matemática, diríamos que 9 repetições são melhores do que 3. Mas isto não é uma conta. Tem em conta o teu limite e aumenta as repetições com o tempo. Não queiras grandes loucuras numa fase inicial.

5 – Pensa no corpo todo
Lembra-te do corpo como um todo. Lá porque queres trabalhar determinados músculos, isso não significa que devas ignorar os restantes.

6 – Cuidado com as dietas
Além de praticar desporto é bom que tenhas uma alimentação saudável. Mas tem cuidado com as dietas que segues e com as promessas que te fazem. De que vale passares fome se vais comer tudo e mais alguma coisa no futuro? Qual a vantagem de passares por uma descompensação nutricional? Tem uma alimentação equilibrada e corta naquilo que sabes bem que está a mais. Mas não sejas radical.

7 – Desistir: nunca!
Este é o ponto mais importante de todos. Vai custar a arrancar e vais querer desistir muitas vezes. Até porque queremos sempre resultados para ontem. E isso não será assim. É um processo que demora tempo. Foca-te no que desejas, estabelece diversas metas e nunca desistas. Treina onde te sintas confortável e se possível com a companhia de quem te motive.

Sem comentários:

Publicar um comentário