8.11.19

as horas a que tens de comer todas as refeições para perderes peso

Queres perder peso? Começo por recomendar uma alimentação equilibrada (fundamental) e prática de exercício físico regular. Nem que sejam apenas caminhadas. Mas de acordo com a ciência, existe outro detalhe que faz a diferença. Um estudo realizado pela Universidade de Harvard defende que é fundamental que faças todas as refeições de acordo com o horário do relógio biológico. Quando não o fazes, os níveis de açúcar no sangue podem subir mais 18% do que o normal. Algo mau para quem quer perder peso.

Pequeno-almoço
Das 6 às 9h45. Um estudo mostrou que 80% das pessoas que perderam peso (13 quilos) sem que voltassem a ganhar assumiram nunca saltar o pequeno-almoço. Já outro estudo revelou que o consumo de altas quantidades de proteína entre as 6 e as 9h45 é algo que tem um risco reduzido no aumento do peso.

Lanche da manhã
2 a 4 horas depois do pequeno-almoço. Este é o tempo que o corpo demora a digerir e absorver os alimentos. A partir daqui, estás em jejum. Opta por alimentos e snacks saudáveis para manteres os níveis de energia.

Almoço
Antes das 15h. Um estudo revelou que pessoas que almoçam mais cedo têm maior sucesso na perda de peso. E outro mostra que pessoas que almoçam depois das 15 horas perdem menos 25% de peso do que os restantes.

Lanche da tarde
2 a 4 horas depois do almoço. É a mesma lógica do lanche da manhã.

Jantar
Entre as 17h e 19h. Um estudo mostrou que homens a quem foi pedido para parar de comer depois das 19 horas acabaram por consumir menos 244 calorias. Chegando assim à conclusão de que as pessoas não comem porque jantaram, mas porque têm o hábito de comer depois dessa refeição. Já outro estudo relacionou o jantar cedo com uma melhor noite de sono.

Por fim, realço que deves ter em mente que a tua alimentação deve ser rica em alimentos ricos em nutrientes, frutas e vegetais. E tem sempre em atenção os sinais de fome. “Deves comer quando sentires fome, e não raiva. Para quando estiveres satisfeito, mas não completamente cheio”, recomenda Jim White, da Academy of Nutrition and Dietetics.

Sem comentários:

Publicar um comentário