4.9.19

quem diria que o uso de emoji está relacionado com o sucesso da vida sexual

John “Hannibal” Smith dizia muitas vezes, na série A-Team, que adorava quando um plano dá certo. Na verdade, eu também. Mas também adoro um bom estudo. E neste caso são dois! Sendo que ambos associam o uso de mais emoji nas mensagens a uma melhor vida sexual. Ou seja, quem usa mais emoji nas mensagens são as pessoas que fazem mais sexo.

Esta é a conclusão de dois estudos. Um realizado por cientistas do The Kinsey Institute e outro por uma equipa de investigadores do Lake Forest College, ambos situados nos Estados Unidos da América. Segundo os trabalhos, o uso de emoji conduz a um maior contacto íntimo entre pessoas. E a mais sexo. No primeiro trabalho foram estudados 5327 solteiros com idades entre os 18 e 94 anos. No outro participaram 275 adultos, com idades compreendidas entre os 18 e 71 anos. Sendo que ambos contaram com pessoas de diferentes orientações sexuais e etnias.

O primeiro estudo descobriu que 67% das pessoas que nunca (ou raramente) utilizam emoji com potenciais parceiros. Já os restantes 33%, aqueles que usam com frequência, são os que têm maior sucesso no momento de convidar um potencial parceiro para um encontro. Sendo também os que têm uma vida sexual mais activa. Quanto ao segundo trabalho, os resultados foram semelhantes. 97% dos inquiridos revelaram utilizar emoji com frequência. Sendo estes aqueles que com maior sucesso nos encontros.

Por um lado, os investigadores de ambos os estudos defendem que a utilização de emoji faz com que as pessoas fiquem mais próximos. Por outro, referem que poderá ser apenas algo comum entre as pessoas que já costumam manter conversas de forma afectuosa.

Sem comentários:

Publicar um comentário